Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Para bagunçar as pistas, que em tempos de quarentena podem ser a sala, quarto ou aquele cantinho preferido da casa, os artistas apresentam  "Se Pega". Single, que não faz referência a vírus nenhum, chega com a produção musical de Ricô (O Quadro, Marcelo Yuka, Ziminino) e Pedro Itan (Larissa Luz, Alice Caymmi)

O mundo parou, mas fredfellipe - mesmo em casa - deram um jeitinho de caminhar para a fase dois de sua jornada fervida que teve inicio com a faixa "Baguncinha". Dessa vez, o quentíssimo duo está de volta com "Se Pega". Single, que não faz referência a vírus nenhum, chega para agitar a quarentena e falar do que mais temos saudades: o toque, o carinho, o abraço, o beijo, o afago e, sim, a aglomeração. "Nós gostamos de festa e esse som tá aí pra jamais esquecermos disso. Já já a gente vai tá se pegando, se esfregando e fazendo tudo que tem direito. É logo menos. Nós estamos torcendo por isso".

Juntos numa longa estrada, os artistas se encontraram, justamente, por conta da música. Começaram a tocar quando jovens, formando uma banda na adolescência, passando pelo rock, metal, até posteriormente alcançarem os ritmos brasileiros. Cada um escolheu um caminho. Fellipe teve a banda Filtra, que ousava ao misturar psicodelia com sons regionais, e que tocou em festivais e cidades de todo o país. Fred formou a banda Comodoro, projeto que buscava, através dos ritmos musicais brasileiros e latino-americanos, atingir o grande público com uma roupagem mais popular. E nessa construção, ambos unificaram os projetos e tentaram realizar uma bigband.

Alguns shows rolaram e, a partir desse (re)encontro, surge fredfellipe com um novo objetivo: BAGUNÇAR A PISTA. Em parceria com os produtores baianos do selo independente PRBLMS Records, Ricô (O Quadro, Marcelo Yuka, Ziminino) e Pedro Itan (Larissa Luz, Alice Caymmi), a dupla agora se aventura no campo das programações, samples e pontos, bebendo da fonte de todos os ritmos que vem bombando no país. Da bregadeira à pisadinha, do pagodão baiano ao bregafunk, fazendo uma grande celebração ao que mais importa: ser feliz, dançar, se jogar e se permitir.

Ouça aqui: https://youtu.be/JqJBRDi9MII

Tratore/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.