Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ballezinho de Londrina e bailarinos da Funcart apresentam números de dança no final de semana
 
Asimp/Funcart
 
Nesta sexta (20), sábado (21) e domingo (22), alunos da Escola Municipal de Dança realizam mais uma temporada “Do Clássico ao Contemporâneo”. Na mesma noite, serão apresentados números de balé de repertório e também a coreografia “Cíclico”, do Ballezinho de Londrina. As apresentações acontecem às 20 horas, no Circo Funcart (Rua Senador Souza Naves, 2380). Ingressos a 10 e 5 reais (meia-entrada).
 
Na parte dos clássicos, estão reunidos trechos dos balés mais famosos da história da dança, como o solo de “Pássaro Azul” e de “Esmeralda”, o solo e o pas de trois de “O Lago dos Cisnes”, além dos solos masculinos de “Corsário” e “Chamas de Paris”. “Estas são sequências que usamos muito para fins pedagógicos na formação da Escola, pois exploram diferentes potencialidades e a interpretação dos bailarinos”, explica o professor Marciano Boletti, que assina a adaptação coreográfica junto de Alexandro Micale e de Sônia Secco, coordenadora da Escola Municipal de Dança.
 
Integram a programação alguns conjuntos, solos e o grand pas de deux de “Dom Quixote”, que será encenado na íntegra em dezembro, no Ginásio Moringão. O público presente na temporada deste fim de semana já confere as apresentações com o figurino original da montagem. A arrecadação da bilheteria vai ser destinada à finalização de “Dom Quixote”.
 
Na sequência dos clássicos, o Ballezinho de Londrina - companhia jovem da Funcart que explora a linguagem contemporânea - relembra o espetáculo “Circular”, de 2008. Dirigida por Wagner Rosa, a montagem traz uma proposta coreográfica pautada em movimentos cíclicos e de desarticulação do corpo. De acordo com Rosa, a intenção é propor um desgrenhamento de linhas básicas do balé, como a verticalidade, a flexibilidade e a longinearidade em busca de novos eixos de apoio.
 
Ao longo de 2013, o Ballezinho de Londrina está comemorando seus 15 anos com a remontagem de vários espetáculos, dentre eles “Circular”. Em outubro, o grupo apresenta trechos de peças antigas na Feira Art&Craft (em Curitiba) e no Festival de Dança de Londrina.
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.