Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ballezinho de Londrina e bailarinos da Funcart apresentam números de dança no final de semana
 
Asimp/Funcart
 
Nesta sexta (20), sábado (21) e domingo (22), alunos da Escola Municipal de Dança realizam mais uma temporada “Do Clássico ao Contemporâneo”. Na mesma noite, serão apresentados números de balé de repertório e também a coreografia “Cíclico”, do Ballezinho de Londrina. As apresentações acontecem às 20 horas, no Circo Funcart (Rua Senador Souza Naves, 2380). Ingressos a 10 e 5 reais (meia-entrada).
 
Na parte dos clássicos, estão reunidos trechos dos balés mais famosos da história da dança, como o solo de “Pássaro Azul” e de “Esmeralda”, o solo e o pas de trois de “O Lago dos Cisnes”, além dos solos masculinos de “Corsário” e “Chamas de Paris”. “Estas são sequências que usamos muito para fins pedagógicos na formação da Escola, pois exploram diferentes potencialidades e a interpretação dos bailarinos”, explica o professor Marciano Boletti, que assina a adaptação coreográfica junto de Alexandro Micale e de Sônia Secco, coordenadora da Escola Municipal de Dança.
 
Integram a programação alguns conjuntos, solos e o grand pas de deux de “Dom Quixote”, que será encenado na íntegra em dezembro, no Ginásio Moringão. O público presente na temporada deste fim de semana já confere as apresentações com o figurino original da montagem. A arrecadação da bilheteria vai ser destinada à finalização de “Dom Quixote”.
 
Na sequência dos clássicos, o Ballezinho de Londrina - companhia jovem da Funcart que explora a linguagem contemporânea - relembra o espetáculo “Circular”, de 2008. Dirigida por Wagner Rosa, a montagem traz uma proposta coreográfica pautada em movimentos cíclicos e de desarticulação do corpo. De acordo com Rosa, a intenção é propor um desgrenhamento de linhas básicas do balé, como a verticalidade, a flexibilidade e a longinearidade em busca de novos eixos de apoio.
 
Ao longo de 2013, o Ballezinho de Londrina está comemorando seus 15 anos com a remontagem de vários espetáculos, dentre eles “Circular”. Em outubro, o grupo apresenta trechos de peças antigas na Feira Art&Craft (em Curitiba) e no Festival de Dança de Londrina.
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios