Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

A bailarina do Domingão do Faustão também conta que deixa a dieta de lado na ocasião:  "Eu me permito comer de tudo um pouco"

O Réveillon será diferente para milhões de brasileiros. Nada de festas e aglomerações devido à pandemia do novo coronavírus. Nathália Zannin, bailarina do Domingão do Faustão, vai celebrar a chegada do novo ano em contato apenas com a natureza e de pessoas bem próximas.

"Esse ano vou passar no Piauí, um lugar paradisíaco, com praias lindas e ótimo pra praticar esportes. Pretendo passar bem tranquila, apenas sentindo a energia e com pessoas que amo", conta a dançarina que já planejou o seu look:

"Vou passar de dourado. Não vou economizar no brilho pra começar com o pé direito, atrair muita sorte e boas energias".

Durante as festas de fim de ano, Nathália deixa a dieta de lado.

"Eu me permito comer de tudo um pouco. Acho que tem que ter um equilíbrio, procuro me alimentar bem no dia a dia, mas em ocasiões especiais me permito sem exageros", revela a também modelo e empresária.

Para o próximo ano, Nathália deseja, assim como o mundo inteiro, o fim da pandemia.

"Desejo muita saúde em primeiro lugar, paz, resiliência, amor, trabalho e que tudo que estamos vivendo passe logo para que possamos conviver mais com as pessoas que amamos e que toda essa situação difícil fique de aprendizado".

Para atrair boas energias para 2021, a dançarina conta com alguns rituais, que ela faz todo ano.

"Me concentro em uma oração, agradecendo por tudo o que vivi, cada aprendizado e superação. Depois pular as 7 ondas e dar um mergulho no mar", finaliza.

Thiago Freitas/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios