Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O nome “O amor contagia” foi uma predestinação do alcance que campanha que mobilizou a sociedade paranaense durante o período da pandemia do novo coronavírus teria. Foram 200 mil paranaenses impactados com a arrecadação de R$ 17 milhões. Mais de 150 entidades (entidades de acolhimento de crianças, idosos e pessoas com deficiências) foram beneficiadas com cestas básicas e kits de higiene. Fora 48 hospitais filantrópicos que receberam materiais como medicamentos, insumos e equipamentos hospitalares e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Foram distribuídas mais de um milhão de máscaras, em diversos locais incluindo presídios. “Foi a maior campanha de arrecadação do estado e uma das maiores do país”, afirma a coordenadora da Campanha e Promotora de Justiça das Fundações e Terceiro Setor do Ministério Público do Paraná (MPPR), Karina Anastacio Faria de Moura Cordeiro. 

O projeto começou com uma pesquisa que apontava que muitas das entidades assistenciais não iriam sobreviver durante o período da pandemia. Elas fechariam as portas se não recebessem ajuda. Essa informação motivou a Promotoria de Fundações e do Terceiro Setor de Curitiba a buscar parcerias para reduzir os impactos sociais e econômicos na população mais vulnerável.  A união das promotorias de Justiça do MPPR e do Ministério Público do Trabalho do Paraná (MPT-PR), que firmaram uma parceria com a Fundação da Universidade Federal do Paraná (FUNPAR) e, esta, com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), foi o pontapé inicial. 

Logo em seguida, se uniram ao grupo: Instituto GRPCOM, Instituto Positivo, Grupo Marista e uma série de outras entidades. “Somos gratos à Associação Paranaense do Ministério Público (APMP), vez que foi uma das primeiras entidades a confiar e acreditar no projeto. A generosidade dos associados nos permitiu contribuir com a população mais vulnerável, no momento crítico da crise sanitária”. 

A campanha ganhou uma segunda fase em 2021 atuando preferencialmente no apoio aos hospitais públicos e filantrópicos que atendam leitos do Sistema Único de Saúde (SUS), principalmente com entrega de respiradores. A Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (SESA-PR) contribuiu indicando os hospitais mais necessitados de apoio. "O Amor Contagia consagra o Ministério Público como um importante agente de transformação social, reafirmando que somente atitudes proativas e articulação com a sociedade civil conduzirão por caminhos de solidariedade e menos desigualdades”.  

A campanha contou com uma grande divulgação, que incluiu chamadas no horário nobre da Rede Globo, outdoors e uso das redes sociais, tudo realizado por profissionais voluntários da área de Comunicação Social. Também houve um rigoroso controle para que o processo tivesse transparência e governança. As entidades beneficiadas passaram pelo crivo de Comitê que analisaram sua situação legal e qual era a sua necessidade.  

O projeto recebeu o 2º. Lugar na Categoria Integração e Articulação, do Prêmio CNMP 2021. E, ainda, recebeu o Selo de Reconhecimento do CNMP por atuação na área de Respeito e Diversidade. O selo foi concedido a somente 16 dos mais de 530 projetos inscritos. “Esse reconhecimento demonstra que o MP pode ser um importante agente de transformação social, através da constante integração com a sociedade civil”.

Cynthia Calderon/Ascom/APMP - Associação Paranaense do Ministério Público

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.