Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O espetáculo ocorrerá no dia 30 de outubro na Sociedade Rural do Paraná
 
Camile Triska/Asimp
 
Londrina recebe no dia 30 de outubro, o espetáculo “Renato Borghetti & Orquestra de Câmara de Blumenau – 2ª Temporada”, às 20h30, na Sociedade Rural do Paraná. O evento, com entrada gratuita, reunirá as músicas erudita e popular, com canções características da região fronteiriça do sul do Brasil, com a mescla de ritmos brasileiros, uruguaios e argentinos. “A parceria da Orquestra com o Borghetti foi espetacular em 2012 e promete ser ainda melhor neste ano. Além disso, o repertório traz diversas surpresas musicais para o público, afinal, queremos encantar a plateia sempre mais”, diz o maestro Daniel Bortholossi, regente da Orquestra.
 
Embora seja a segunda temporada, as apresentações contarão com obras inéditas. “Desde que começamos a idealizar o espetáculo, queríamos trazer algo novo, e temos composições dos maiores nomes da música do sul do Brasil, Argentina e Uruguai. Os arranjos (elaborados pelo músico Daniel Sá – presente na turnê) ficaram muito bons, o público vai gostar”, garante o diretor artístico, o italiano Daniele Girardello.
 
Renovado, o repertório terá novidades como “Fuga y Misterio” e “Melodia em La Menor”, as duas do compositor argentino Ástor Piazzolla, “Milonga para Simões Lopes Neto”, com arranjo de Sérgio Rojas, e “O Pulo do Grilo”, de autoria de Renato Borghetti e Daniel Sá.
 
Além de Londrina, as apresentações acontecerão em Curitiba, no dia 29 de outubro, e em Foz do Iguaçu, no dia 31. Neste ano, a turnê já passou por Santa Catarina e Rio Grande do Sul, onde foi sucesso de público e de crítica, com lotação em todos os locais de apresentação. Os concertos são realizados pelo Ministério da Cultura e patrocinados pelas empresas Banco Bradesco e Cia. Hering.
 
Os ingressos serão distribuídos na bilheteria de cada teatro a partir de três dias antes do espetáculo, sendo limitado a dois por pessoa. No dia da apresentação será distribuído um lote extra de ingressos.
 
Renato Borghetti
 
Com 24 gravações lançadas, Renato Borghetti é um dos símbolos da música do seu Estado. Expandiu as fronteiras da música gaúcha e do instrumento gaita-ponto para todos os continentes, sem perder a originalidade e identidade da música de sua terra. Pela sua natural experiência em outros estilos, que conheceu em suas diversas viagens pelo Brasil e pelo mundo, Borghetti pôde agregar riqueza cultural e influenciar seu trabalho com qualidade.
 
Daniele Girardello
 
Natural da região do Vêneto, na Itália, Daniele Girardello desenvolveu intensa atividade musical com diversas orquestras italianas, dentre elas a famosa Orchestra di Câmara di Venezia - “L’Offerta Musicale”. Em 1998, ocupou a cadeira de professor de violino da escola Media Statale (Comacchio), e também ensinou no conservatório G. Frescobaldi, ambos em Ferrara (Itália). Radicado no Brasil desde 2002, tornou-se referência no ensino do violino, atualmente é spalla e diretor artístico da Orquestra de Câmara de Blumenau.
 
Daniel Bortholossi
 
Um dos mais promissores e atuantes regentes de sua geração, Daniel Bortholossi já trabalhou com diversos grupos sinfônicos brasileiros, além de orquestras na Argentina, Portugal, Itália, Bulgária, Cazaquistão, Inglaterra, República Tcheca, Romênia, Ucrânia e Rússia. Mestre em Artes pela Universidade de São Paulo (USP), esteve à frente da Belgrad Philharmonic Orchestra, em Belgrado, Sérvia, onde executou, pela primeira vez no país, as Bachianas 02 e 04 de Heitor Villa-Lobos.
Foi o primeiro maestro latino-americano a dirigir a Royal Oman Symphony Orchestra, no Sultanato de Omã, incluindo apresentações particulares para o ex-primeiro ministro britânico Tony Blair. É fundador e diretor artístico do “New Orleans Festival Brasileiro!”, dos Estados Unidos e, recentemente, foi jurado do concurso “Shabyt”, em Astana, Cazaquistão.
 
Daniel Sá
 
Músico gaúcho, Daniel Sá é violonista, guitarrista, arranjador e diretor musical. Acompanha em turnês o acordeonista Renato Borghetti e já trabalhou com nome como: Guinga, Osvaldinho do Acordeon, Arismar do Espírito Santo, Paulo Moura e Sivura.
 
Orquestra de Câmara de Blumenau
 
Desde 1981, a Orquestra de Câmara de Blumenau já realizou diversas turnês pelo Brasil e exterior, com apresentações nas mais famosas salas de concerto da Europa, como Smetana de Praga e o Mozarteum de Salzburgo. A Orquestra também tocou ao lado de grandes nomes da música mundial, entre eles, Jean Pierre Rampal, Maurice André, Ingrid Haebler, Arthur Moreira Lima, Paulo Bosísio, Helena Jank, Antônio Meneses, Domenico Nordio e Renato Borghetti.
Na última década, com a direção artística do violinista italiano Daniele Girardello, adaptou-se à nova dinâmica do fomento à cultura. Por meio de recursos captados por projetos de incentivo, já realizou inúmeros concertos, incluindo duas turnês nacionais; apresentou-se com solistas e maestros convidados de destaque como Luiz Henrique Beduschi, Álvaro Siviero, Derico Sciotti, Michael Debost, Rita Costanzi e João Carlos Martins. Atualmente, a Orquestra inova o estilo e formato de seus espetáculos, sempre com a preocupação de manter a excelência na execução de seu repertório.
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios