Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Num ano atípico em todo o pais, trabalho da imprensa será ainda mais reconhecido com premiação em seis diferentes regiões do estado

Com inscrições abertas desde março, a sétima edição do Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo traz uma novidade para valorizar ainda mais o papel do jornalista, principalmente em tempos de pandemia. Haverá premiação especial ao Destaque Regional, trabalho jornalístico que obtiver a maior pontuação em cada região do Paraná.

Para isso, o estado foi dividido em seis diferentes localidades. Como Curitiba, Região Metropolitana e Litoral; Noroeste, que inclui Maringá, Umuarama, Paranavaí e demais vizinhos; também Campos Gerais e Centro, com cidades da região de Ponta Grossa e Guarapuava; Norte, que inclui Londrina e municípios do Norte Pioneiro; Sudoeste, com Pato Branco, Francisco Beltrão e cidades adjacentes do Sul; e Oeste, da qual fazem parte Cascavel, Toledo e Foz do Iguaçu, entre outros.

Além de poderem concorrer em cada região do veículo de imprensa onde foram divulgados, os materiais inscritos - que podem ser reportagens únicas ou séries, além de fotografias publicadas em veículos de comunicação - concorrem também à premiação estadual. São cinco categorias: veículo impresso, internet, reportagem de rádio, reportagem de tv e fotojornalismo. A premiação aos grandes vencedores está prevista para novembro, em Curitiba.

Tema e inscrições

O tema dos trabalhos precisa estar relacionado à indústria do Paraná, podendo ser explorado qualquer assunto ligado à atividade como economia, comércio exterior, sustentabilidade, infraestrutura e energia, educação, tecnologia e inovação, segurança e saúde do trabalhador, além de tendências nas indústrias e posicionamento do setor, políticas públicas, indústria 4.0, associativismo, competitividade, entre outros. As informações, prazos e o regulamento completo podem ser acessados no site www.sistemafiep.org.br/premiodejornalismo.

Este ano, várias ações das indústrias no combate à pandemia têm movimentado o segmento industrial. Algumas atividades tiveram de se adaptar, outras viram na crise uma oportunidade de explorar novos mercados e outras se reinventaram. Alguns empresários puderam contribuir com fabricação de máscaras, álcool em gel e até equipamentos para hospitais, adaptando suas linhas de produção para cumprir um papel importante de responsabilidade social.

Ano desafiador

Para os trabalhadores o ano também tem sido desafiador, com adoção de novas práticas e rotinas ainda mais seguras para garantir sua saúde, o emprego e também para que os produtos não faltem aos consumidores. E é neste cenário que o trabalho do jornalista tem sido fundamental.

Histórias de superação, adaptação, inovação e descobertas não faltam. Por isso, o Sistema Fiep manteve a premiação, mesmo diante dos novos desafios, acreditando na grande contribuição da imprensa no desenvolvimento da indústria e do estado.

O prazo para inscrições vai até 25 de setembro. Podem concorrer trabalhos jornalísticos relacionados à indústria do Paraná e suas ações em prol da sociedade, publicados em veículos de comunicação da grande imprensa entre 14 de setembro de 2019 e 24 de setembro de 2020.

Este ano o valor da premiação será de mais de R$ 100 mil distribuídos aos três primeiros colocados de cada categoria, além do reconhecimento regional. Os vencedores também receberão troféus e certificados. O autor do material jornalístico que obtiver a maior pontuação entre todos os inscritos recebe ainda o troféu Heitor Stockler de França, uma homenagem ao primeiro presidente da Fiep, que também atuou como jornalista.

Patrícia Gomes/Asimp/Fiep

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.