Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Num ano atípico em todo o pais, trabalho da imprensa será ainda mais reconhecido com premiação em seis diferentes regiões do estado

Com inscrições abertas desde março, a sétima edição do Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo traz uma novidade para valorizar ainda mais o papel do jornalista, principalmente em tempos de pandemia. Haverá premiação especial ao Destaque Regional, trabalho jornalístico que obtiver a maior pontuação em cada região do Paraná.

Para isso, o estado foi dividido em seis diferentes localidades. Como Curitiba, Região Metropolitana e Litoral; Noroeste, que inclui Maringá, Umuarama, Paranavaí e demais vizinhos; também Campos Gerais e Centro, com cidades da região de Ponta Grossa e Guarapuava; Norte, que inclui Londrina e municípios do Norte Pioneiro; Sudoeste, com Pato Branco, Francisco Beltrão e cidades adjacentes do Sul; e Oeste, da qual fazem parte Cascavel, Toledo e Foz do Iguaçu, entre outros.

Além de poderem concorrer em cada região do veículo de imprensa onde foram divulgados, os materiais inscritos - que podem ser reportagens únicas ou séries, além de fotografias publicadas em veículos de comunicação - concorrem também à premiação estadual. São cinco categorias: veículo impresso, internet, reportagem de rádio, reportagem de tv e fotojornalismo. A premiação aos grandes vencedores está prevista para novembro, em Curitiba.

Tema e inscrições

O tema dos trabalhos precisa estar relacionado à indústria do Paraná, podendo ser explorado qualquer assunto ligado à atividade como economia, comércio exterior, sustentabilidade, infraestrutura e energia, educação, tecnologia e inovação, segurança e saúde do trabalhador, além de tendências nas indústrias e posicionamento do setor, políticas públicas, indústria 4.0, associativismo, competitividade, entre outros. As informações, prazos e o regulamento completo podem ser acessados no site www.sistemafiep.org.br/premiodejornalismo.

Este ano, várias ações das indústrias no combate à pandemia têm movimentado o segmento industrial. Algumas atividades tiveram de se adaptar, outras viram na crise uma oportunidade de explorar novos mercados e outras se reinventaram. Alguns empresários puderam contribuir com fabricação de máscaras, álcool em gel e até equipamentos para hospitais, adaptando suas linhas de produção para cumprir um papel importante de responsabilidade social.

Ano desafiador

Para os trabalhadores o ano também tem sido desafiador, com adoção de novas práticas e rotinas ainda mais seguras para garantir sua saúde, o emprego e também para que os produtos não faltem aos consumidores. E é neste cenário que o trabalho do jornalista tem sido fundamental.

Histórias de superação, adaptação, inovação e descobertas não faltam. Por isso, o Sistema Fiep manteve a premiação, mesmo diante dos novos desafios, acreditando na grande contribuição da imprensa no desenvolvimento da indústria e do estado.

O prazo para inscrições vai até 25 de setembro. Podem concorrer trabalhos jornalísticos relacionados à indústria do Paraná e suas ações em prol da sociedade, publicados em veículos de comunicação da grande imprensa entre 14 de setembro de 2019 e 24 de setembro de 2020.

Este ano o valor da premiação será de mais de R$ 100 mil distribuídos aos três primeiros colocados de cada categoria, além do reconhecimento regional. Os vencedores também receberão troféus e certificados. O autor do material jornalístico que obtiver a maior pontuação entre todos os inscritos recebe ainda o troféu Heitor Stockler de França, uma homenagem ao primeiro presidente da Fiep, que também atuou como jornalista.

Patrícia Gomes/Asimp/Fiep

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios