Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os veículos da Rede Aparecida de Comunicação estão em festa no mês de setembro! São 70 anos da Rádio Aparecida, 16 anos da TV Aparecida e 11 anos do Portal A12. E para comemorar, a produção da TV Aparecida preparou um lindo show musical: “Tributo ao Samba”, que vai ao ar nesta quarta-feira (8 de setembro), às 21h, pela TV Aparecida.

Apresentado por Juliana Luz e dirigido por Felipe Pontes, a atração especial tem como convidada principal a cantora e compositora Adryana Ribeiro. A ideia é levar momentos felizes aos telespectadores, através de músicas que marcam a história do Brasil e que fazem parte da memória afetiva do nosso povo. Como cenário, o programa terá a imagem do Rio de Janeiro, um dos berços desse ritmo, cidade e paisagem que retratam a alegria que o musical busca transmitir.

Para esse belíssimo espetáculo, Adryana Ribeiro foi especialmente convidada para interpretar algumas canções, entre elas, “O que é que a baiana tem”; “Aquarela do Brasil”; “Canta canta minha gente” e “Vou festejar”. Em outro momento, a cantora e intérprete vai conduzir o espetáculo em um recorte lúdico, aproveitando as vertentes do samba, para apresentar outras canções icônicas, como “Fascinação”, “A vida é um moinho”, “Carinhoso”, “As rosas não falam”.  

A escolha do samba pela produção da TV Aparecida como o ritmo do especial foi pela grande representatividade musical, que traduz a história e a evolução cultural do País. Com a chegada dos povos africanos nos mais diversos estados brasileiros, vieram com eles os sons dos tambores, que fazem parte das canções. E o samba, no decorrer da história, se fez raiz em nossa terra. 

Adryana Ribeiro

Adryana Ribeiro tem uma carreira de mais de 25 anos. É recordista em vendas de discos, foi indicada ao Grammy Latino, jurada do Revelações Brasil 2021, e atualmente é intérprete do “Tributo Beth Carvalho”, em cartaz no Teatro Gazeta, em São Paulo.  A artista nasceu no bairro do Jaçanã (SP), onde estudou canto lírico por 5 anos, além de piano e balé. Aos 16 anos, Adryana iniciou a carreira cantando em bandas de baile e gravando jingles. Mas foi o estilista e apresentador de TV, Clodovil Hernandez, quem a descobriu ao vê-la numa festa, e convidou-a para o seu programa, no qual ela fez a primeira apresentação pública de sua carreira, na mídia. Antes da carreira solo, ela integrou o grupo ‘”Adryana e a Rapaziada”, no começo dos anos 2000.

Vera Jardim/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.