Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento, promovido pelas secretarias municipais de Saúde e do Idoso, terá barracas de orientações de saúde, comidas e decoração típicas, música ao vivo e quadrilha

Ainda no ritmo das festas caipiras, que são realizadas nos meses de junho e julho, a Prefeitura de Londrina promove, na próxima terça-feira (9), a edição anual do Arraiá Mais Saúde. Tradicionalmente conhecido como Nasforró, o evento será oferecido por meio de parceria entre as secretarias municipais de Saúde e do Idoso. A festa irá ocorrer das 13h30 às 17 horas, na sede da Associação dos Funcionários Municipais de Londrina (AFML), apoiadora do evento. O endereço é Rua dos Funcionários, 363, Jardim Mediterrâneo.

Aberto para a comunidade em geral, o evento é voltado principalmente aos idosos atendidos nos Centros de Convivência da Pessoa Idosa (CCIs), localizados nas regiões leste, oeste e norte. Também são convidados a participar os usuários das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que integram os grupos de atividades coletivas desenvolvidos pelas equipes do NASF.

Com várias edições anuais realizadas com o formato do Nasforró, o Arraiá, segundo o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, é uma festa muito esperada pela população com mais de 60 anos. “Nesta edição, promovida com integração da Saúde e do Idoso, conseguimos, através de uma tarde diferenciada, proporcionar a esse público momentos de convivência muito importantes. E também promover a saúde, nossa maior atribuição enquanto secretaria municipal. A festa vai contar com várias atividades, orientações, e é uma felicidade poder oferecer esse momento para a comunidade idosa, que tem nosso carinho, respeito e admiração, pois são exemplos. É um público que tem a maior adesão nos grupos de saúde, nas campanhas de vacinação, sempre com engajamento, e o resultado sem dúvida é muito positivo”, destacou.

O Arraiá Mais Saúde vai contar com um espaço decorado para o registro de fotos. A sede da AFML vai ter toda a decoração típica de festa caipira e muitos quitutes variados para o público desfrutar do lanche coletivo. Para a secretária municipal do Idoso, Andrea Bastos Ramondini Danelon, o evento é um resultado positivo da articulação entre Saúde e Idoso. “São áreas que realizam trabalhos importantes de atendimento à população idosa. Inclusive, a Saúde contribui com palestras oferecidas nos CCIs, dentro dos grupos de convivência. Então o Arraiá é mais uma amostra dessa articulação, promovida dentro da administração municipal, e que faz da população a principal beneficiária”, frisou.

De acordo com a coordenadora do Programa Saúde da Família (PSF) – Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), Vânia Cristina da Silva Alcântara, o Arraiá Mais Saúde traz aos participantes um momento de descontração e lazer, e que também reúne os profissionais do NASF para orientações sobre a saúde física e mental. “É uma ação com o objetivo de oferecer um momento diferenciado, de entretenimento. Por isso, estendemos o convite a todos os usuários que participam dos grupos de atividade coletiva do NASF, desenvolvidos nas UBSs da região urbana. Além da quadrilha e danças típicas, teremos música ao vivo e barracas de orientações em Saúde”, contou.

Cerca de 80 profissionais do NASF, especializados nas áreas de nutrição, fisioterapia, psicologia, farmácia e educação física, estarão no Nasforró. “Teremos uma barraca para informações de nutrição, mostrando que é possível, dentro das comidas típicas de festas juninas, consumir itens que não sejam industrializados ou multiprocessados. Essa é uma forma de alimentar com prazer, sem descuidar da saúde”, citou Vânia.

Fisioterapeutas vão promover, durante a festa, brincadeiras e atividades comuns em festa junina, como argolas e pescaria, para estimular certos movimentos, o equilíbrio, desenvolver a coordenação motora e outras áreas. “Terá ainda os desafios, para adivinhar quantos grãos as garrafas possuem, com premiação para o que acertar o número ou chegar mais próximo do resultado”, afirmou a coordenadora.

A coordenadora do NASF adiantou que um projeto piloto desenvolvido pela Saúde será apresentado aos participantes do Arraiá, ensinando como usar ervas medicinais e aromáticas na preparação de chás fitoterápicos ou tempero nas refeições. “Nessa barraca vamos mostrar mudas de ervas e temperos e informar quais receitas que podem ser produzidas com esses itens, como ora-pro-nóbis, taioba, guaco, hortelã, entre outras. São itens comuns, de fácil acesso, mas que muitos ainda não sabem utilizar. Haverá a entrega do sal de ervas, temperado naturalmente, para substituir produtos industrializados. E também vamos falar do projeto Londrina InForma, que já está sendo desenvolvido, divulgando o programa e como aderir”, finalizou.

O gerente de Articulação Comunitária da Secretaria Municipal do Idoso, Cleir Brandão, citou que os CCIs promoveram, no último mês, festas juninas para os frequentadores. “E foram eventos bem movimentados, com público expressivo. Nossa expectativa é que eles também compareçam no Arraiá Mais Saúde, bem como os que são atendidos nas Instituições de Longa Permanência Lar Maria Teresa Vieira, Lar dos Vovôs e das Vovós, e Asilo São Vicente de Paula. Todos estes possuem termo de colaboração com o Município, e o convite foi aberto aos seus usuários e equipe técnica”, afirmou.

Para as festas juninas dos CCIs, os participantes produziram, nas oficinas de artesanato, bandeirinhas, balões de dobradura e outros itens festivos, que foram utilizados na decoração. Parte deste material também será aproveitado para o Arraiá Mais Saúde, bem como esculturas feitas em papel machê, e produzidas durante atividade no CCI Norte conduzida pelo artista Edson Massuci.

Para animar ainda mais o evento, a música ao vivo ficará por conta de Cleir Brandão, acompanhado de idosos frequentadores do CCI Norte e que são músicos, com instrumentos como cavaquinho, sanfona e bateria. “A programação do evento abrange a apresentação de quadrilha, com grupos que, juntos, somam cerca de 60 pessoas, e participaram de vários ensaios no mês de junho. E, no Arraiá, eles vão se reunir e mostrar aos presentes o resultado desse trabalho”, comentou Brandão.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios