Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Companhia realiza mais três apresentações neste fim de semana. Público pode pagar quanto quiser nos ingressos

Nos dois últimos finais de semana de março, o Ballet de Londrina realizou a Temporada Marcos Leão, com o espetáculo comemorativo de seus 25 anos, em um espaço muito especial: a sala de ensaios da companhia, onde aconteceram as primeiras reuniões e ensaios desde a sua fundação, em 1993. Este ambiente atravessado de memórias transformou-se em um teatro de bolso, com estrutura cênica e plateia para 70 pessoas. Todas as sessões da temporada lotaram e muita gente ficou de fora, em fila de espera, pela capacidade limitada.

Em razão disso, o Ballet de Londrina decidiu realizar mais três apresentações: nos dias 12, 13 e 14 de abril, sempre às 20 horas, no mesmo local, que fica na Funcart (Rua Souza Naves, 2380). A classificação indicativa é livre e os ingressos – como anteriormente – podem ser adquiridos por quanto cada espectador quiser ou puder pagar, com valor apenas indicativo de R$20. A bilheteria abre a partir das 19 horas.  Reservas podem ser feitas pelo whatsapp (43) 99168-3972, mas serão recebidas até a cota máxima de 50% da lotação diária. As pessoas que reservarem devem chegar antes das 19h30 do dia escolhidos, pois, após este horário, os bilhetes serão liberados para a venda.

Dirigido por Leonardo Ramos, o espetáculo “25 anos” costura trechos das mais emblemáticas peças do Ballet de Londrina por meio de textos poéticos concebidos e narrados pelo dramaturgo Renato Forin Jr. A montagem toma a metáfora do “rio da nossa aldeia” para descrever a trajetória de criatividade e resistência da companhia que, ao longo deste quarto de século, desaguou em territórios como África, Europa e América Latina, sempre levando o nome da cidade como polo produtor de cultura. Por meio da observação cronológica das coreografias, é possível verificar a transformação de linguagem do grupo e a conquista de linhas expressivas que fizeram-no conquistar um lugar cativo na dança brasileira.

Intimista, delicado e poético, o espetáculo levou à emoção muito dos 280 espectadores que assistiram ao início da Temporada. Os doze bailarinos que integram o elenco permanecem o tempo todo em cena e transformam-se, às vistas do público, de uma peça a outra do programa. São eles Alessandra Menegazzo, Ariela Pauli, Marciano Boletti (também ensaiador), Nayara Stanganelli, Matheus Nemoto, Lucas Manfré, Lucas Gabriel, Thaisa Morais, Hugo Vargas, Higor Vargas, Ione Queiroz e Giovana Aversani. A produção é de Danieli Pereira. A companhia oficial da cidade é mantida por convênio com a Prefeitura Municipal.

Renato Forin Jr./Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios