Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Programação inicia hoje, às 19h, com a artista Thainara Pereira; a Vila Cultural tem patrocínio do PROMIC

A Vila Cultural Canto do MARL lançou ontem (17) uma programação de atividades para valorizar a contação de histórias. As atrações fazem parte do projeto “Cultura em Resistência”, realizado pelo Canto do MARL neste mês de fevereiro. Às quartas-feiras, serão transmitidas ao vivo as performances com artistas da cidade contando histórias para o público em geral. Cada vídeo será exibido às 19h, no canal do Youtube, onde ficarão disponíveis posteriormente.

Na próxima semana, no dia 24, será a vez de Edna Aguiar e Alice Pimenta. E encerrando o mês de contação de histórias, Diego Loman se apresenta no dia 26 de fevereiro.

O programador cultural da Vila Canto do MARL, Lucas Godoy, explicou que esta será a primeira programação de contação de histórias pelo projeto “Cultura em Resistência”. “Desde que começamos a programação on-line experimentamos vários formatos, mas a contação de histórias não tínhamos explorado ainda. E temos artistas dentro do MARL que trabalham com contação de história, uma atividade que valorizamos bastante, pois segue uma trajetória popular. A contação advém das culturas populares, algo que dialogamos bastante. Por isso foi escolhida para esta programação, com artistas da cidade e que possuem larga experiência no assunto”, citou.

As exibições possuem classificação livre, para serem desfrutadas pelo público de todas as idades e gerações. “Nossa motivação é engajar novos públicos, trazer mais a presença familiar e fazer com que as crianças assistam. Uma inspiração nossa foi o Encontro de Contadores de Histórias de Londrina, realizado há mais de dez anos em Londrina”, complementou Godoy.

Esta edição do projeto “Cultura em Resistência” conta ainda com a colaboração voluntária de Raquel Palma. As apresentações são uma realização da Vila Cultural Canto do MARL, patrocinada pela Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura de Londrina (PROMIC), e o projeto tem apoio do Movimento de Artistas de Rua de Londrina (MARL).

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios