Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Montagem de Enio Carvalho para “Huis Clos” coloca em cena discussões latentes na sociedade

Uma das obras teatrais consagradas de Jean-Paul Sartre visitará o interior do Paraná no mês de setembro, em uma iniciativa do Circuito Cultural do Sesi. O texto é “Huis Clos” (Entre Quatro Paredes – em português) e a montagem e adaptação é do diretor Enio Carvalho. O espetáculo revisita o clássico do dramaturgo e filósofo francês a fim de discutir questões extremamente atuais. A peça será apresentada com entrada franca em 13 cidades do estado entre os dias 10 a 27.

Huis Clos (“Entre quatro paredes”, em português) é uma peça teatral escrita durante a Segunda Guerra Mundial, no ano de 1944. A obra é uma das marcas  artísticas do pensamento existencialista de Sartre. O drama é representado em um ato, por três atores que interagem em um único ambiente durante todo o enredo: o inferno.

No texto do filósofo, o cenário escolhido para a trama se difere da crença clássica cristã, sendo definido por um quarto fechado onde os três personagens principais devem conviver.  O conflito da peça se instaura pelas diferenças gritantes entre os três mortos que acabam de adentrar no inferno: uma burguesa, uma lésbica e um escritor frustrado. Uma das máximas do texto se encontra na fala do escritor que, em dado momento, afirma: “o inferno são os outros”.

De acordo com o diretor Enio Carvalho, a obra é um rico material para a discussão de graves e traumáticos problemas enfrentados pela sociedade atual: “a morte, os direitos individuais de manifestação, a liberdade sexual, questões religiosas, o comportamento social e suas reformulações e as atuações políticas. São colocadas em cena questões cruciais postas ao nosso enfrentamento opinativo dia a dia”.

O espetáculo passará pelas cidades de Quedas do Iguaçu (10.09), Marechal Cândido Rondon (11.09), Cascavel (12.09), Foz do Iguaçu (13.09), Medianeira (14.09), Toledo (17.09), Dois Vizinhos (19.09), Pato Branco (20.09), Palmas (21.09), Guarapuava (24.09), União da Vitória (25.09), São Mateus do Sul (26.09) e Mandirituba (27.09). O Sesi Cultura pede a doação voluntária de 1kg de alimento não perecível na ocasião. As doações podem ser entregues em dia de espetáculo, na bilheteria dos teatros, uma hora antes do início da peça.

Asimp/SesiPr

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios