Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Na programação artística cerca de 60 concertos e destaques que vão do clássico ao popular. Na grade pedagógica cursos para todas as idades

O 38º Festival Internacional de Música de Londrina (FIML) abre oficialmente nesta segunda-feira, 16 e vai até o dia 28 de julho. Este ano, o QG do FIML será o Colégio Hugo Simas, que fica na Rua Pio XII, 195.

Na quarta-feira (11), o diretor artístico, Marco Antônio de Almeida e a diretora pedagógica, Magali Kleber apresentaram para a imprensa as principais atrações da programação artística do evento e detalhes da programação pedagógica.  Participaram também da coletiva de imprensa no saguão do Teatro Ouro Verde, o vice reitor da UEL, professor e pesquisador Décio Sabbatini e a diretora da Casa de Cultura da UEL Erna Verônica Chaves.

A programação completa do evento, com horários e valores de ingressos, está no site www.fml.com.br. Os ingressos podem ser adquiridos no site www.diskingressos.com.br ou nas lojas das Óticas Diniz e no Pátio São Miguel (Avenida Higienópolis, 762).

Pinceladas da Programação Artística

A Programação Artística do FIML nesta edição vem com novidades espalhando uma variedade de sons por Londrina e região. A direção artística prevê cerca de 60 concertos, que serão ouvidos no Teatro Ouro Verde, Teatro Crystal Palace, auditório do Sesi/AML, Bar Valentino e espaços como empresas, Calçadão central, nos ônibus, hospitais, entre outros. A OSUEL abre o evento sob a regência do maestro Alessandro Sangiorgi, tendo comoconvidada especial a cantora Mônica Salmaso e o compositor, Nelson Ayres.

A pianista russa, radiacada em Curitiba, Olga Kiun, desembarca em Londrina e faz concerto no dia 20, executando Tchaikovsky e Chopin.O premiado maestro japonês e muito apreciado pelos londrinenses, Daisuke Soga retorna a Londrina como professor do festival e regerá a Camerata Jovem Unopar do 38º FIML formada por convidados e jovens estudantes bolsistas em um concerto no dia 21 de julho, no Teatro Ouro Verde, referendando assim o entrelaçamento da grade pedagógica com a grade artística.

A OSP

Orquestra Sinfônica do Paraná - se apresenta no dia 22, no Teatro Ouro Verde, sob a regência de Marco Arakaki . Não faltará a “Noite de Gala”, dos professores com direito a tapete vermelho, no dia 23. E o Teatro Crystal abre as portas para o Quarteto Radamés Gnattali, no dia 26.

A Música Popular tem também seu espaço no “Festival de Todas as Músicas”. A londrinense Simone Mazzer se apresenta em parceria com a cantora Ângela Maria, no show “Encontro de Divas”. Agendado para o dia 17 de julho, a noite de glamour promete. Ângela Maria que em 2017 completou 70 anos de carreira é considerada um dos maiores nomes da música nacional. Simone Mazzer é um tornado que surgiu há algum tempo e veio para causar, despertar e fazer diferença dentro do cenário musical brasileiro.

O Clube do Choro de Brasília se apresenta no Teatro Crystal, no dia 19. Quem gosta de jazz e outrosgêneros, não pode perder no dia 20 de julho o AllThat Jazz, no Teatro Ouro Verde com as “feras” Sergio Reze, Glauco Sölter, Tiago Costa e André Siqueira. No Bar Valentino o tradicional “Festival By Night”, sempre às 22h, contará com 12 shows que movimentarão as noites londrinenses.

Outra atração imperdível é a montagem “A Dama das Camélias”, clássico da dramaturgia mundial, de Dumas Filho, que unirá a música de Chopin com o Ballet de Londrina, coreografia de Leonardo Ramos, ao piano Allan Duarte Manhas e direção artística de Marco Antonio de Almeida. O espetáculo terá duas récitas, dias 25 e 26 de julho. A ópera “Carmen”, de Bizet fecha 38º FIML, em “grandfinale”, com a orquestra do evento, regida por DaisukeSoga e direção musical de Kalinka Damiani, nos dias 27 e 28 de julho.

Kids Festival

A criançada também terá espaço na programação artística do evento. O Kids Festival será aberto com a Orquestra de Câmara da Rocinha (RJ) e a Orquestra Arte e Vida, de Arapongas (PR). Um encontro de arte, cultura e protagonismo social, que ocorrerá no dia 16, primeiro dia do evento, no Shopping Royal Plaza. Outra atração do Kids Festival será o musical “Os Saltimbancos” com apresentação no dia 17, no Teatro Ouro Verde e pré-estreia no domingo (15), no Teatro Padre José Zanelli, em Ibiporã. A ópera “João e Maria” será outra atração de destaque na programação infantil.

Dezenas de cursos

A grade pedagógica do 38º FIML traz mais de 50 cursos, contemplando as mais diversas áreas como: Regência; Prática Instrumental; Iniciação e Aperfeiçoamento; Choro; Música Popular; Voz; Prática Vocal; Estruturação Musical; Música e Tecnologia; cursos para Crianças; para formação de Professores; e Musicalização inclusiva, voltada a portadores de necessidades especiais. Os cursos serão ministrados por quase 50 professores, para aproximadamente 900 alunos do Paraná e do Brasil, nos espaços dos Colégios Hugo Simas e Aplicação, na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, no Sesi/AML, na Sonkey, na Escola Canto da Lira e nos Centros de Convivência de Idosos Leste e Oeste.

O Festival Internacional de Música de Londrina conta com um módulo completo dirigido às crianças. Assim, elas podem participar de cursos e atividades especiais, numa verdadeira colônia de férias, em que a música, a integração e a diversão norteiam as atividades. A metodologia e expertise dos professores permitem que em pouco tempo, os grupos formados realizem performances que encantam o público. As oficinas especiais destinadas a pessoas com mais de 60 anos consistem em uma prática musical lúdica, uma experiência inovadora de aprendizagem para quem quer conhecer e desenvolver novas habilidades. O evento privilegia a arte e a formação musical desde a iniciação, da educação ao aperfeiçoamento na área, através dos diferentes cursos oferecidos.

O 38º Festival de Música de Londrina oferece ainda palestras e masterclasses e entre os dias 30 de julho e 1º de agosto, quando será realizado o 21º Simpósio Paranaense de Educação Musical, com o tema “A Formação do Educador Musical na Licenciatura”.

Assinatura: O 38º Festival Internacional de Música de Londrina tem a direção artística do pianista Marco Antonio de Almeida, direção pedagógica de Magali Kleber. É uma realização da Secretaria de Estado da Cultura - Governo do Estado do Paraná // Secretaria Municipal da Cultura - Prefeitura do Município de Londrina-Promic // Casa de Cultura - Universidade Estadual de Londrina e Associação de Amigos do FIML.

Patrocínio: Ministério da Cultura, Sanepar, Unopar, Prefeitura do Município de Londrina, Unimed, Vanguard Home, Plaenge, Caixa, Horizon, Dental Clean, Gastroclinica, Grupo Marajó, VernieCitroen, Sinpro, Sistema Fiep/Sesi.

Apoio Cultural: Associação Médica de Londrina, Londrina Convention Bureau, Rádio Universidade/UelFm 107,9, Sesc- Fecomercio, Sonkey, Bar Valentino, Projeto Guri, Ação Social Pela Música do Brasil, Instituto GPA, Instituto Zeca Pagodinho, Escola de Música da Rocinha, Arte e Vida Centro de Convivência, Colégio Estadual Hugo Simas, Colégio Aplicação da Universidade Estadual de Londrina, Buffet Planalto, Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, APP Sindicato Londrina, Antiquário M. Simões.

Andréa Monclar/Asimp

Clique nas fotos para ampliar

Rocinha
Foto Monica Salmaso_Credito Dani Gurgel
Ishindaiko

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios