Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

- A situação está cada vez mais feia, hein seu Antenor?

- Olha, rapaz, vou falar a verdade para você. Tenho 68 anos e sou bem forte. Tenho alguns probleminhas como uma dorzinha na coluna, a vista que está um pouco embaçada e a pressão que andou subindo um pouco já faz mais de um ano e hoje é controlada com os remedinhos que tomo uma vez por dia. Mas confesso para você que não estou tão preocupado com essa tal de pandemia não.

- Como não? A toda hora dá na televisão a quantidade de pessoas que estão se contaminado e o número de mortos que aumenta a cada dia.

- E você acredita em tudo o que a televisão e esses telejornais dizem? Vi no Whats esses dias que é tudo manipulado. O Jornalismo está tudo comprado por uma seita secreta diabólica. Não podemos acreditar mais no que a imprensa fica publicando. É preciso assistir somente os canais que dizem as coisas boas e nos deixam mais tranquilos.

- Como assim seu Antenor? A situação é muito grave. Temos que acreditar na ciência!

- Que ciência nada! Temos que acreditar no que a gente está vendo no nosso dia a dia. No zap-zap recebi uma notícia de que a ciência muitas vezes manipula as informações para vender remédios. Porque você acha que os mesmos laboratórios que estudam sobre esses vírus, são os mesmo que vendem essas vacinas para o mundo? É só para ganhar dinheiro.

- Desculpa seu Antenor, mas é justamente por estarmos vendo os casos no dia a dia que temos que acreditar no perigo que corremos se não nos cuidarmos. Temos que usar máscaras pelo menos.

- Sinceramente, só uso a máscara porque sou obrigado e não quero ficar brigando com esses medrosos só por isso. Para não pegar gripe nenhuma, muito menos essa tal de Covid, é só tomar vitamina C e vermífugo que o vírus vai passar longe da gente. Se é bom pra verme, também é bom para vírus, que são a mesma coisa, tudo bichinho mesmo. Vou mandar um vídeo no seu Whats que tem um padeiro explicando sobre esse assunto.

- Ah seu Antenor. Eu não vou dar chance para o azar, quando chegar minha vez, vou me vacinar.

- Vou falar a verdade para você, ainda não fui me vacinar, uma porque não acho que vale alguma coisa e outra porque estavam dando aquela vacina xing ling, que segundo vi no Whats, estão colocaram um chip nessa vacina que vai influenciar nossa mente para só comprarmos mais produtos xing ling e dessa forma transformar a China na maior potência mundial.

Sem ter mais paciência para argumentar, o amigo se despede.

Mais tarde ao chegar em casa, seu Antenor compartilha mais um vídeo no WhatsApp em vários grupos ao qual faz parte, dessa vez criticando a vacinação e os cuidados contra a Covid numa história relatada por um sujeito que teria tomado a vacina e logo em seguida seu cachorro havia sido atropelado por uma motocicleta.

Rodrigo Alves de Carvalho nasceu em Jacutinga (MG). Jornalista, escritor e poeta possui diversos prêmios literários em vários estados e participação em importantes coletâneas de poesia, contos e crônicas. Em 2018 lançou seu primeiro livro individual intitulado “Contos Colhidos” pela editora Clube de Autores - rodrigojacutinga@hotmail.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios