Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Apresentações serão realizadas de sexta-feira a domingo, às 20h, na Usina Cultural 

A Companhia Te-Ser apresenta neste final de semana em Londrina, o espetáculo teatral “De uma à outra”, uma reflexão sobre a temática feminina, construída a partir de pesquisa por meio de entrevistas com mulheres londrinenses. A peça é encenada pelas atrizes Raquel Sant’Anna e Raíssa Bessa, e será apresentada na Usina Cultural (Av. Duque de Caxias, 4159), na sexta-feira (13), sábado (14) e domingo (15), sempre às 20h. Não haverá cobrança de ingressos, a contribuição será voluntária, no chapéu. A montagem conta com o patrocínio da Prefeitura de Londrina - PROMIC, e tem o apoio da Usina Cultural e Funcart.

Um espaço delimitado e com objetos – caixa, novelos, pote, espelhos, sapatos, entre outros – apontam que um mosaico será construído, e é o público que decide o rumo que encenação tomará, definindo os elementos que trazem as histórias e memórias de mulheres que se sobressaíram no cenário da cidade, e também de mulheres comuns.

“Entrevistamos mulheres de diferentes idades, níveis de escolaridade, classes sociais e etnias”, contam as atrizes Raquel Sant’Anna e Raíssa Bessa. “Criamos um roteiro de perguntas que se repetia, porém de forma maleável, já que buscávamos uma escuta sensível e éramos afetadas pelas respostas. Coletamos memórias emocionantes e que enriqueceram muito nosso trabalho. Uma das coisas que mais nos marcou foi a quantidade de semelhanças nos relatos, mesmo se tratando de mulheres com perfis tão diferentes.”

Bate-papo com a plateia

A estreia oficial do espetáculo será neste fim de semana, embora as atrizes já tenham realizado dois ensaios abertos e uma apresentação especial na Secretaria Municipal da Mulher.  Após o espetáculo, um bate-papo com a plateia sempre acontece. “Tivemos bons retornos, tanto por parte dos artistas quanto do público. Nos bate-papos que abrimos após as apresentações as pessoas participam de forma ostensiva, tanto nos fazendo perguntas sobre o processo que despertou bastante interesse no público, quanto manifestando um sentimento de identificação com as situações abordadas nas cenas.”

Projeto duradouro

O espetáculo “De uma à outra” ainda está em fase de construção e, segundo as atrizes, isso é consequência natural do tempo: “Quanto mais se ensaia e apresenta, mais o espetáculo amadurece e se transforma. Pretendemos circular por muitos anos com esse projeto e até por isso previmos um formato dinâmico em que novas cenas poderão ser incorporadas, com coleta de novas memórias ou até mesmo novas experiências. Queremos falar do que é urgente e é justamente pelas urgências mudarem dia após dia que nosso espetáculo não pretende ser estático.”

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios