Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Artistas do Brasil e do exterior já podem enviar seus trabalhos para a programação 2019. Selecionados terão cachê e logística pagos pelo evento

O Festival de Dança de Londrina realiza a sua 17ª edição de 3 a 13 de outubro deste ano. Para compor a programação artística, o evento abre edital de chamamento direcionado a grupos nacionais ou internacionais. Eles podem enviar propostas de espetáculos de palco ou de rua nas várias vertentes da dança – do clássico ao contemporâneo, passando pelas linhas tradicionais ou étnicas. Conhecido por atuar na cena expandida, o Festival também abre espaço para trabalhos de teatro e performance que explorem a fronteira entre linguagens a partir da arte do movimento.

As inscrições são gratuitas e por e-mail. Os interessados devem acessar o site www.festivaldedancadelondrina.art.br, onde estão disponíveis o edital e a ficha de inscrição. O prazo termina no dia 31 de julho. Mais informações pelo telefone (43) 3342-2362. O evento é realizado pela APD – Associação dos Profissionais de Dança de Londrina e conta, até o momento, com patrocínio da Copel a partir de projeto aprovado no Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura - PROFICE - da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura e Governo do Estado do Paraná.     

De acordo com o edital, serão selecionados dez espetáculos nacionais ou internacionais. Os escolhidos recebem cachê e têm transporte, hospedagem e alimentação pagos pelo Festival. Para concorrer, os candidatos devem enviar materiais como sinopse, release, ficha técnica, clipping, mapas técnicos, fotografias e o vídeo na íntegra da montagem. Embora não seja obrigatório, caso o grupo tenha materiais físicos e queira remetê-los via postal, o edital também disponibiliza um endereço.

“O envio de materiais on-line é um facilitador para que artistas de todo o país e do exterior possam submeter seus trabalhos. Esta experiência fez com que aumentasse muito o número de propostas e conhecêssemos trabalhos incríveis, de locais distantes. A perspectiva é que, este ano, superemos a marca de 500 inscrições do ano passado”, comenta Danieli Pereira, coordenadora geral do Festival. Os escolhidos via edital compõem a programação junto de companhias de renome convidados pela organização.

Para os grupos de Londrina e de cidades em um raio de até 100 km, haverá um edital específico, que deve ser lançado em breve. Além dos espetáculos locais, este próximo edital também fará o chamamento de pequenos números para o “Dança Londrina”, tradicional mostra de trabalhos regionais exibidos dentro da programação oficial no Teatro Ouro Verde, sem interferência de curadoria e sem caráter competitivo. A intenção do “Dança Londrina” é servir como vitrine da diversificada produção local.

Renato Forin Jr./Asimp

Planta do Pé, de Mara Eugenia Almeida, selecionada em 2018 - foto Fabio Alcover

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.