Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Artistas do Brasil e do exterior já podem enviar seus trabalhos para a programação 2019. Selecionados terão cachê e logística pagos pelo evento

O Festival de Dança de Londrina realiza a sua 17ª edição de 3 a 13 de outubro deste ano. Para compor a programação artística, o evento abre edital de chamamento direcionado a grupos nacionais ou internacionais. Eles podem enviar propostas de espetáculos de palco ou de rua nas várias vertentes da dança – do clássico ao contemporâneo, passando pelas linhas tradicionais ou étnicas. Conhecido por atuar na cena expandida, o Festival também abre espaço para trabalhos de teatro e performance que explorem a fronteira entre linguagens a partir da arte do movimento.

As inscrições são gratuitas e por e-mail. Os interessados devem acessar o site www.festivaldedancadelondrina.art.br, onde estão disponíveis o edital e a ficha de inscrição. O prazo termina no dia 31 de julho. Mais informações pelo telefone (43) 3342-2362. O evento é realizado pela APD – Associação dos Profissionais de Dança de Londrina e conta, até o momento, com patrocínio da Copel a partir de projeto aprovado no Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura - PROFICE - da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura e Governo do Estado do Paraná.     

De acordo com o edital, serão selecionados dez espetáculos nacionais ou internacionais. Os escolhidos recebem cachê e têm transporte, hospedagem e alimentação pagos pelo Festival. Para concorrer, os candidatos devem enviar materiais como sinopse, release, ficha técnica, clipping, mapas técnicos, fotografias e o vídeo na íntegra da montagem. Embora não seja obrigatório, caso o grupo tenha materiais físicos e queira remetê-los via postal, o edital também disponibiliza um endereço.

“O envio de materiais on-line é um facilitador para que artistas de todo o país e do exterior possam submeter seus trabalhos. Esta experiência fez com que aumentasse muito o número de propostas e conhecêssemos trabalhos incríveis, de locais distantes. A perspectiva é que, este ano, superemos a marca de 500 inscrições do ano passado”, comenta Danieli Pereira, coordenadora geral do Festival. Os escolhidos via edital compõem a programação junto de companhias de renome convidados pela organização.

Para os grupos de Londrina e de cidades em um raio de até 100 km, haverá um edital específico, que deve ser lançado em breve. Além dos espetáculos locais, este próximo edital também fará o chamamento de pequenos números para o “Dança Londrina”, tradicional mostra de trabalhos regionais exibidos dentro da programação oficial no Teatro Ouro Verde, sem interferência de curadoria e sem caráter competitivo. A intenção do “Dança Londrina” é servir como vitrine da diversificada produção local.

Renato Forin Jr./Asimp

Planta do Pé, de Mara Eugenia Almeida, selecionada em 2018 - foto Fabio Alcover

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios