Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Veja como será a decoração da 43ª Festa Junina de Ibiporã

O evento mais tradicional de Ibiporã está chegando. A Festa Junina Municipal está em sua 43ª edição e será entre os dias 14 e 23 de junho, na Praça Pio XII, em frente à Igreja Matriz. “Este ano o tema da festa é a viola caipira e a vida no campo, pois isso todas as atrações culturais e a decoração da praça estão voltadas a essa temática. Traremos orquestras de viola, duplas e outros artistas que vão animar o nosso público com músicas que valorizam as nossas raízes e as tradições regionais”, informou o secretário municipal de Cultura e Turismo, Agnaldo Adélio.

As cores e elementos rurais

A confecção dos enfeites iniciou há um mês e meio, sob a supervisão do coordenador de eventos da Secretaria, Leander Lincoln, que explica as escolhas e destaca a importância das cores na decoração deste ano: “Estamos mudando toda a cor da decoração. Os elementos todos lembram esse clima de fazenda, de moda de viola. As cores da 43ª Festa Junina são o marrom que simboliza a terra, o verde que lembra a mata, o creme que é a cor das casinhas simples de sítio, e o laranja, que representa o pôr do sol, que é aquele momento de descanso da pessoa que trabalhou o dia todo e é a paisagem mais bonita que vemos quando estamos no sítio”, explicou Leander.

Em 2018, Ibiporã homenageou o nordeste brasileiro em sua decoração e muitos elementos serão reutilizados, como explicou Leander: “A Festa Junina é isso, alegria, festa, tem que ser tudo muito bonito e chamativo. Mantivemos o mesmo layout do ano passado, adicionamos alguns elementos que remetem a viola, mas também mantivemos a sanfona e estamos incluindo algumas coisas mais rústicas, como o balaio, que lembra o trabalho árduo do campo que temos que valorizar.”

- Nos próximos dias divulgaremos mais detalhes e toda a programação artística. Aguarde.

Realização: Prefeitura de Ibiporã e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo

Apoio: Secretaria de Obras, Parque de Máquinas, Setor de Patrimônio, SAMAE, Polícia Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Paraná Turismo e entidades responsáveis pelas barracas: APMIF, ACEI, PIME, Paróquia Nossa Senhora da Paz, Vicentinas da Capela Santo Alberico, Fazenda da Esperança, Associação dos Pais do Ballet e Associação do Centro do Artesanato de Ibiporã.

NCPMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios