Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Apresentador, crítico musical, agitador e produtor cultural, Lucas Cabaña é finalista no ‘Prêmio Profissionais da Música’

Alcione, Leo Fé, Janine Mathias, Elza Soares, Cadência Sincopada, Luedji Luna, Arthur Espíndola, Maytê Correa, Silvia Borba, Itaércio Rocha, Annadi entre tantos outros nomes essenciais da música já levaram suas referências da cultura popular ao programa “Curitiba dá Samba”, apresentado pelo jornalista, crítico musical e produtor cultural, Lucas Cabaña.

Natural de Ibiporã, no interior do Paraná, o apresentador radicado em Curitiba há dez anos fez em fevereiro, a estreia da 4ª temporada do seu talkshow dominical. E dias depois, soube da sua indicação ao Prêmio Profissionais da Música na categoria programa de rádio.

“Esse ‘telecoteco do borogodó’ como eu chamo carinhosamente o projeto, nasceu para atender uma demanda. Eu jamais imaginei que o Curitiba dá Samba resultasse em tantos produtos. É filme, foi coluna inicialmente em um blog que se tornou revista impressa, é programa de rádio e completa seis anos. É surreal pensar isso diante do atual cenário cultural”, contrapõe o jornalista.

O programa apresentado por Lucas Cabaña, foi idealizado em 2012 e inicialmente com outro formato, em documentário, quando o jornalista desenvolveu o curta-metragem.

“Pretendo realizar algumas entrevistas neste ano e lançar entre o segundo semestre e o carnaval de 2020. Mas adianto que o filme traz uma entrevista inédita com o mestre Maé da Cuíca que nunca foi exibida”, revela o jornalista sobre o grande mestre do samba paranaense, responsável pela primeira escola de samba de Curitiba e falecido em 2013, com 70 anos de carreira.

No ano seguinte, com o sucesso da repercussão, o jornalista foi convidado na época para ser colunista da extinta revista cultural “O Rato” e revelou o cenário bamba da capital paranaense ao longo de dois anos.

“O Curitiba dá Samba nasce com uma vontade de mostrar para todo o país o quanto o cenário da cultura popular é extremamente rico no sul do Brasil. Entre 2018 e 2019, quando estávamos pensando no formato da nova temporada, minha vontade foi expandir o mesmo intuito para outras regiões brasileiras”, revela o apresentador.

Com a estreia dos novos quadros neste ano, Lucas Cabaña estreitou o laço do samba produzido no sul com o restante do país. “Entrevistei estes dias o ‘grande’ Didu Nogueira. Com mais de 25 anos de trajetória ele lançou o primeiro álbum em 2018. Mesmo sendo filho de Gisa Nogueira, sobrinho de João Nogueira e primo do Diogo Nogueira, a terceira entrevista que ele deu sobre o projeto foi para mim”, confidência, Lucas Cabaña.

Sempre com artistas do Paraná, mas sem esquecer os mestres e agentes produtores do samba, o “Curitiba dá Samba” lançou com exclusividade diversos projetos e nomes do cenário artístico de todo o do país. Em agosto, o programa completa dois anos e comemora 100 edições.

“Ser finalista no Prêmio Profissionais da Música na categoria programa de rádio é um dos momentos memoráveis da minha carreira, principalmente ao completar 18 anos atuando com o que eu amo, a comunicação. Ser reconhecido pelo público que me levou a indicação no Prêmio, e ainda estar concorrendo ao lado de figuras como Dante Ozzetti, Guilherme Kastrup, banda Tuyo, Estrela Leminski, Téo Ruiz, Lívia Nestrovski, Luiza Lian e vários outros figurões, já é uma alegria pura”.

Além do "Curitiba dá Samba", na Rádio Cultura de Curitiba, Lucas Cabaña assina no portal Banda B a sessão “Música é o Canal” onde escreve sobre todo o cenário da música em Curitiba.

Atualmente, também é sócio nas produtoras culturais, Escritório de Criação e PDR Produção e Eventos, em parceria com diversos produtores renomados do segmento. Onde trabalhou com artistas como Karol Conka, As Bahia e a Cozinha Mineira, Lee Ranaldo (Sonic Youth), Linn Da Quebrada, Jaloo, Luiza Lian, Sandra Portella, Tássia Reis, Meu Preto da Capadócia, Pitombas do Amor, Bruno Oxe, Cori Malvestuto, entre outros.

O programa "Curitiba dá Samba" é exibido todo domingo, sempre às 14h, na Rádio Cultura de Curitiba 930 MHZ e com transmissão pelo portal Cultura 930 (www.cultura930.com.br).

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios