Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Professor aposentado da UEL,  lança o livro “Pedras, paus &pétalas” neste sábado, 17 horas, no Londrix

O livro “Pedras, paus & pétalas”, de 760 páginas, de autoria do professor aposentado Moacyr Eurípedes Medri, retrata a questão do racismo. A publicação aborda a questão da discriminação racial, tanto de professoras afrodescendentes, quanto dos demais imigrantes que construíram a região Norte do Paraná.

O lançamento será neste sábado, às 19 horas, durante o Londrix, no Museu Histórico de Londrina (Rua Benjamin Constant 900). Medri é PhD em Botânica, tendo trabalhado por 45 anos como professor, sendo 35 anos na Universidade Estadual de Londrina e o restante na  Federal do Amazonas.

Entre suas obras, ele escreveu  “Da cor da terra, “Cheiro de chuva”, “Travessia: a felicidade não mora ao lado” e agora Pedras, paus & pétalas”.

A obra abrange a questão racial, com foco principal na discriminação sofrida por duas professoras afrodescendentes no Norte do Paraná nos anos 40 e também no racismo aos imigrantes que ajudaram a construir a região em um contexto geral. O livro é inspirado em lembranças que o autor tem das professoras Clementina e Catarina.

A chegada das irmãs professoras, retintas afro-brasileiras, à nascente Boa Fé, cidade imaginada pelo menino, provocou burburinhos. Cochichos. Como assim, duas negras professoras?. Em pouco tempo, elas foram aceitas pela competência e paixão com que exerciam o magistério.

“Considero um romance histórico, uma autoficção, onde parte da história oficial está contada paralela à história  não contata oficialmente. Os fatos são reais e burilando isso tudo, saíram 760 páginas”, conta Medri.

O professor morou na Zona Rural até os 25 anos e veio pra cidade cursar Biologia, porque era um curso recém criado na UEL. Formado, teria emprego certo como professor. Graduado, foi fazer mestrado e doutorado em Manaus, dedicando décadas  ao ensino, à pesquisa e à extensão.

Vera Barão/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios