Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Londrina sedia em julho o 5º Encontro Nacional de Composição Musical; objetivo é refletir sobre os riscos da composição e improvisação musical, além de apresentar novas perspectivas para a área

Compositores, arranjadores, improvisadores, professores e estudantes de música de todo o país estarão reunidos em Londrina no período de 10 a 12 de julho, para debater os aspectos relacionados à composição musical no Brasil nos dias atuais e suas perspectivas. É o 5o Encontro Nacional de Composição Musical (ENCOM), evento promovido pelo curso de Música da Universidade Estadual de Londrina em conjunto com o Festival Internacional de Música de Londrina. As inscrições ainda podem ser feitas até o dia 05 de julho no site do FIML.

Os debates, oficinas e apresentações artísticas serão realizados nas dependências do SESI/AML (Rua Maestro Egídio Camargo do Amaral, 130, centro) e o tema central do 5o ENCOM será “Composição musical, Improvisação e outros riscos”. O objetivo é promover uma reflexão sobre a composição, improvisação e a performance tendo como foco a valorização da música brasileira contemporânea. A ideia é criar um espaço de trocas, diálogos e provocações, assim como relato de experiências e conhecimentos que possam contribuir para a pesquisa e a prática da composição musical de maneira significativa.

Segundo o Prof. Dr. André Siqueira, coordenador do encontro, “o tema - Composição musical, Improvisação e outros riscos – trata o risco no âmbito da criação musical nos dias atuais. Risco inerente ao ato de criar. Hoje, ser músico, estar vinculado a uma universidade, fazendo música criativa envolve um risco inerente, de ter suas bases todas atacadas pela atual política pública vigente. Assim como todos os professores universitários vinculados a universidades públicas, nós estamos sofrendo ataques insistentes com relação à própria essência do nosso fazer, que é ensinar a nossa arte, de forma gratuita e com qualidade. O Encom vai discutir esses aspectos como o risco inerente ao processo do fazer artístico.”

Homenagem

Esse ano, os professores-compositores convidados foram Rogério Costa (USP), Valério Fiel da Costa (UFPB) e Rodrigo Lima (EMESP). O compositor escolhido para ser homenageado foi o londrinense Mário Loureiro. “A homenagem é mais do que merecida, pois o Mário Loureiro foi um dos responsáveis por formar várias gerações de compositores, além de ter uma obra muito expressiva, de alto nível e que precisa ser mostrada”, explica André Siqueira. “Foi uma escolha muito natural chegar ao nome do nosso professor da UEL, onde leciona há mais de 20 anos, nos ensinando o fazer musical de uma forma mais ampla.”

Abertura

A abertura do 5º ENCOM será na quarta-feira (10), às 9h, no anfiteatro do SESI/AML. Às 9h30 começa a Mesa redonda: “Composição musical e risco”, com a participação dos professores Dr. Rogério Costa (USP) e Prof. Dr. Valério Fiel da Costa (UFPB) e tendo como mediador o Prof. Me.  Fernando Kozu. À tarde, às 14h, começam as oficinas com Rodrigo Lima, Valério Fiel da Costa e Rogério Costa. Às 17h haverá uma apresentação artística, com obras de Mário Loureiro, compositor homenageado.

Sesi/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios