Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Fundação dá continuidade à programação do projeto #FuncartemCasa, com atrações artísticas e prestação de serviços à distância durante a quarentena

Desde a semana passada, o Ballet de Londrina, a Escola Municipal de Dança e a Escola Municipal de Teatro vêm oferecendo uma programação especial e on-line durante o período de confinamento como medida de prevenção à COVID-19. Esta semana, a campanha “Quarentena com Arte!” continua, com aulas ao vivo, posts informativos, vídeos abertos de espetáculos e outras ações espalhadas por meio das redes sociais (@funcartlondrina e @balletdelondrina) e identificadas com a tag #FuncartemCasa. A Fundação, que tem convênio com a Prefeitura Municipal de Londrina, suspendeu suas atividades presenciais pelo menos até o dia 12 de abril, acompanhando decretos municipais. Professores e funcionários estão trabalhando em home office.

O Ballet de Londrina montou um programa especial de atividades físicas diárias, orientadas pela fisioterapeuta e bailarina da companhia Thaisa Morais, com o objetivo de garantir saúde e bem-estar às pessoas, mesmo em casa. Os exercícios trabalham alongamento, relaxamento, fortalecimento, postura e a parte aeróbica, sempre ligados a aspectos da dança.  As aulas ao vivo com os bailarinos da companhia acontecem de acordo com a seguinte agenda: quarta-feira (8), às 10 horas, Ariela Pauli (@arielapauli); quinta-feira (9), às 8h30, Viviane Terrenta (@vivianeterrenta), e sexta-feira (10), às 10 horas, Lucas Manfré (@lucas_manfre). Já o diretor Leonardo Ramos tem divulgado semanalmente nos canais oficiais da Funcart textos com informações e dicas sobre balé clássico, sistematizando teoricamente conhecimentos práticos de sua trajetória.

A Escola Municipal de Dança oferece especialmente aos seus alunos, mas também àqueles que já têm alguma experiência em balé ou estudam em outras instituições, aulas públicas de clássico ministradas pelo professor Marciano Boletti. Para pessoas com nível intermediário e avançado, o curso on-line acontece às segundas, quartas e sextas, às 14 horas, no Instagram @marcianoboletti. Para alunos iniciantes e do balé adulto, as aulas são às terças e quintas, às 19 horas, no mesmo endereço virtual. Outra atração da Escola que tem encantado muita gente é o vídeo do espetáculo “O Quebra Nozes”, que foi temporariamente liberado (em duas versões) pelos links https://youtu.be/6zs6VIBf7Y8 e https://youtu.be/qUqoJuPj19c. A montagem estreou no ano de 2019, levando para o palco do Teatro Ouro Verde mais de 300 bailarinos de Londrina.

A Escola Municipal de Teatro também tem agitado as redes com vários stories e publicações que comemoram seus 25 anos, lembrando antigas montagens e mostrando um pouco que que os atuais alunos vêm produzindo. Esta semana, a EMT programou três aulas abertas com seus professores. Na terça-feira, dia 7, às 16 horas, Carol Ribeiro faz uma live com “Considerações sobre figurino e performance” no Insta @c.rib. Dia 8, quarta, às 16 horas, é a vez de Zé Henrique ministrar uma aula de alongamento e preparação para a cena no @josehnrq. No mesmo dia, às 19 horas, a cantora Monique Kodama conduz uma live sobre técnica vocal no @monique.kodama. A partir de quarta-feira, a Escola também postará no Instagram e Facebook o vídeo “Solilóquios de Shakespeare”, com excertos dramáticos interpretados por seus alunos do curso avançado.

Renato Forin Jr./Asimp

Carol Ribeiro ministra aula sobre figurino e performance (foto de Renato Malanga)

Viviane Terrenta do Ballet de Londrina (foto de Divulgação)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios