Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Movimento dos Artistas de Rua de Londrina convida quem já viveu memórias no antigo prédio da Ules para produção de livro e documentário

O Movimento dos Artistas de Rua de Londrina – Marl – está em busca de pessoas que vivenciaram memórias na antiga sede da Ules – União Londrinense dos Estudantes Secundaristas, hoje o Canto do Marl, sede do movimento artístico. A procura é por quem viveu histórias no espaço enquanto era ocupado pelos estudantes e possa compartilhar suas vivências.

O chamado é para as pessoas que tiveram alguma relação com o espaço desde quando ele foi construído, final da década de 1950, até o momento em que ele deixou de ser usado pela Ules, em meados dos anos 2000. Desde sua construção muita história se passou e o Marl está coletando lembranças para a composição de um livro e um filme documentário, dentro do projeto Lugar de Vivências, realizado pelo movimento artístico desde 2016.

No momento, o projeto está em fase de pesquisa documental em jornais e atas da Câmara Municipal de Londrina e coleta de depoimentos. A demanda é por pessoas que possam contar suas vivências em forma de depoimentos, que serão utilizados no documentário.

A pesquisa será pautada pela marca da esperança, representada pelos dois movimentos que ocuparam o prédio em momentos distintos. Suscitaram um compromisso com o futuro e transformação das gerações vindouras.

O projeto

Desde 2016, o Movimento dos Artistas de Rua de Londrina, por meio da Escola Popular de Fotografia e Cinema, realiza um trabalho de valorização do patrimônio material e imaterial da cidade. Já foi realizada dentro do projeto uma montagem com exibições simultâneas de seis filmes sobre a memória de pessoas que tiveram contato com o prédio, quando era sede da Ules, e quando foi ocupado pelo Marl, no final de 2016. E, no final de dezembro de 2018, foi realizada e uma oficina sobre memória voltada para docentes na sede do movimento.

O projeto intitulado Lugar de Vivências: preservação das memórias e histórias de um prédio habitado pela esperança estudantil e artística visa a produção de um livro e um filme documentário sobre o espaço baseando-se em pesquisas em jornais, atas da Câmara Municipal de Londrina e entrevistas com pessoas que guardam vivências no local, além da constituição de um inventário para ajudar em pesquisas sobre o prédio.

Lugar de Vivências é realizado em parceria com a Universidade Estadual de Londrina e patrocinado pelo município de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo a Cultura, desde novembro de 2018.

O prédio em questão foi ocupado pelo Marl em 2016 e recentemente seu uso foi cedido ao movimento, por meio de lei municipal.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL