Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Agentes culturais de Londrina formarão um acervo de conteúdos audiovisuais sobre a memória artístico-cultural da cidade

A Secretaria Municipal de Cultura divulgou a lista final de credenciados na categoria Pessoa Física, por meio do Edital 002/2020, que integra as seleções do programa Londrina: Cultura faz História. A iniciativa conta com recursos repassados pela Lei Aldir Blanc. A publicação foi feita na terça-feira (15), na edição nº 4.229 do Jornal Oficial do Município.

A relação definitiva mostra o quadro detalhado dos habilitados e credenciados nesse segmento, por ordem alfabética, bem como dos recursos não providos e descrição das inabilitações. As tabelas estão dispostas nos anexos I, II e III do edital.

De acordo com a diretora de Incentivo à Cultura da SMC, Sonia Regina Aparecido, são 191 pessoas contempladas pelo edital nesta categoria de proponentes. “Esta é a lista final para o segmento Pessoa Física e não cabe mais prazo para recurso ou revisões. Todos os que foram credenciados agora estão aptos, conforme as regras a serem seguidas, a receber o incentivo financeiro viabilizado por meio do programa Londrina: Cultura faz História, que permite repasse da Lei Aldir Blanc. O trabalho é todo voltado para beneficiar os agentes culturais de Londrina, abrangendo diferentes representações”, comentou.

O mesmo Edital 002/2020 ainda contempla duas outras categorias: Microempreendedor Individual (MEI) e Empresário Individual, que terão seus resultados finais divulgados, em breve, pela Secretaria Municipal de Cultura.

No endereço www.londrina.pr.gov.br/lei-aldir-blanc é possível ter acesso a todos os editais, anexos e informações relacionadas à implantação da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017/2020) e realização do programa Londrina: Cultura faz História.

A proposta da iniciativa é construir um acervo que busca mostrar a atuação, trajetória e participação dos agentes culturais em Londrina, por meio de conteúdos de registro em formato audiovisual.

Ao todo, o município de Londrina recebeu do governo federal o recurso de R$ 3,4 milhões para implementar ações relacionadas a esta lei federal. As quantidades previstas nos editais poderão ser alteradas diante de sobras ou disponibilidade de recurso advindos da Lei Aldir Blanc para o Município.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.