Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Santuário de Nossa Senhora Aparecida abre as portas para a música e para a cultura, duas grandes formas de se aproximar de Deus. Em 2020, a igreja acolhe as atividades do grupo feminino de Música de Câmara Lilases, sob coordenação da contrabaixista Marcia Gehring, com reuniões e atividades cumprindo todos os protocolos e recomendações de saúde contra o coronavírus. Além disso, o projeto, que tem patrocínio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), também arrecada recursos para a compra de instrumentos de corda e de sopro.

“É muito importante para nós poder levar música a um local sagrado como o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, porque acreditamos no poder que a música e a oração têm de renovar o espírito das pessoas”, ressalta Márcia. Logo que se estabelecerem, o projeto deverá retomar o calendário de apresentações. Antes da pandemia do coronavírus, foram realizadas 14 apresentações, duas com o Coral Unicanto e outras três em parceria com a Associação Cultural Italiana I Bravissimi.

“Nosso objetivo é o aprimoramento musical e pessoal, promovendo o desenvolvimento técnico e artístico de valores culturais e estéticos. Trazemos propostas, discussões e pesquisas para instigar processos de estudo”, diz Márcia. Formado por um grupo de cordas e duas flautas, o projeto quer selecionar repertórios com riqueza de arranjos e interpretações. “A intenção é trazer mais meninas da comunidade para integrar nosso grupo e mostrar a música como um meio de expressão que tem o poder de desenvolver habilidades de concentração, percepção do mundo e si mesmas, dedicação e comprometimento”, ressalta.

O trabalho tem as bênçãos do padre Rodolfo Trisltz. “Nós precisamos valorizar projetos como esse que ajudam a resgatar a autoestima e a força de vontade de muitas mulheres. Além do que a música é um canal de oração a Deus. Por isso, vamos abrir as portas da igreja para iniciativas como essa, que fazem tanto bem às pessoas”, ressalta o sacerdote. É dele também a ideia de convidar grupos musicais de Londrina para apresentações no santuário.

Lions Clube Londrina Igapó através do Projeto União Solidaria, elaborou um projeto junto ao Santuário ( Padre Rodolfo ) para arrecadar fundos através de vendas de cupons , onde 100% do valor arrecadado será direcionado para compra de instrumentos musicais para Grupo Lilases. Todos que adquirirem os cupons no valor de R$10,00 cada, estará concorrendo a um carro e três motos.

Histórico

O grupo Lilases surgiu em abril de 2018, criado por Marcia Gehring, que tem experiência como professora de instrumentos como piano e contrabaixo e grupos de prática orquestral. Inicialmente, começou como um grupo de estudos ligado à Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Entretanto, sem local para ensaiar, ocupou o espaço cedido pelo Sindicato dos Empregados no Comércio de Londrina. Em 2019, passou a se reunir no Edifício Júlio Fuganti, sede da Casa de Cultura. Agora, preenche de música as salas do Santuário de Nossa Senhora Aparecida.

Fábio Luporini/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.