Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Santuário de Nossa Senhora Aparecida abre as portas para a música e para a cultura, duas grandes formas de se aproximar de Deus. Em 2020, a igreja acolhe as atividades do grupo feminino de Música de Câmara Lilases, sob coordenação da contrabaixista Marcia Gehring, com reuniões e atividades cumprindo todos os protocolos e recomendações de saúde contra o coronavírus. Além disso, o projeto, que tem patrocínio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), também arrecada recursos para a compra de instrumentos de corda e de sopro.

“É muito importante para nós poder levar música a um local sagrado como o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, porque acreditamos no poder que a música e a oração têm de renovar o espírito das pessoas”, ressalta Márcia. Logo que se estabelecerem, o projeto deverá retomar o calendário de apresentações. Antes da pandemia do coronavírus, foram realizadas 14 apresentações, duas com o Coral Unicanto e outras três em parceria com a Associação Cultural Italiana I Bravissimi.

“Nosso objetivo é o aprimoramento musical e pessoal, promovendo o desenvolvimento técnico e artístico de valores culturais e estéticos. Trazemos propostas, discussões e pesquisas para instigar processos de estudo”, diz Márcia. Formado por um grupo de cordas e duas flautas, o projeto quer selecionar repertórios com riqueza de arranjos e interpretações. “A intenção é trazer mais meninas da comunidade para integrar nosso grupo e mostrar a música como um meio de expressão que tem o poder de desenvolver habilidades de concentração, percepção do mundo e si mesmas, dedicação e comprometimento”, ressalta.

O trabalho tem as bênçãos do padre Rodolfo Trisltz. “Nós precisamos valorizar projetos como esse que ajudam a resgatar a autoestima e a força de vontade de muitas mulheres. Além do que a música é um canal de oração a Deus. Por isso, vamos abrir as portas da igreja para iniciativas como essa, que fazem tanto bem às pessoas”, ressalta o sacerdote. É dele também a ideia de convidar grupos musicais de Londrina para apresentações no santuário.

Lions Clube Londrina Igapó através do Projeto União Solidaria, elaborou um projeto junto ao Santuário ( Padre Rodolfo ) para arrecadar fundos através de vendas de cupons , onde 100% do valor arrecadado será direcionado para compra de instrumentos musicais para Grupo Lilases. Todos que adquirirem os cupons no valor de R$10,00 cada, estará concorrendo a um carro e três motos.

Histórico

O grupo Lilases surgiu em abril de 2018, criado por Marcia Gehring, que tem experiência como professora de instrumentos como piano e contrabaixo e grupos de prática orquestral. Inicialmente, começou como um grupo de estudos ligado à Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Entretanto, sem local para ensaiar, ocupou o espaço cedido pelo Sindicato dos Empregados no Comércio de Londrina. Em 2019, passou a se reunir no Edifício Júlio Fuganti, sede da Casa de Cultura. Agora, preenche de música as salas do Santuário de Nossa Senhora Aparecida.

Fábio Luporini/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios