Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A atividade será transmitida pelo youtube e contará com participação de membros do Grupo Pombas Urbanas, do Coletivo Cultural Galpão da Lua e do MARL

A Vila Cultural Canto do MARL irá promover rodas de conversas no youtube sobre Ocupações culturais. Na quarta-feira, dia 07/10, às 19h30 o bate-papo será com Adriano Mauriz do Grupo Pombas Urbanas, cuja sede fica localizada em Tiradentes, e Danilo Lagoeiro, que é servidor público da secretaria da cultura e participou da construção do MARL em Londrina. Na próxima quarta, 14/10 também às 19h30, o bate-papo será com Mariane Palhares e Tiago Francisco Munhoz do Coletivo Cultural Galpão da Lua de Presidente Prudente. Para acompanhar basta acessar o canal MARL – Movimento de Artistas de Rua de Londrina no youtube.

O instituto pombas urbanas foi organizado em um galpão abandonado na cidade de Tiradentes, 5 toneladas de entulho foram retiradas no processo de revitalização.

As okupações são ações diretas que ganharam corpo como forma de manifestação e atuação na luta por espaços e recursos públicos para a sobrevivência, criação, organização, circulação, encontro, fruição de artes e vidas em várias cidades do Brasil. Essas iniciativas tem tido grande importância econômica, social e cultural.

No dia 07/10 às 19h30, portanto, o bate-papo será com Adriano Mauriz do Grupo Pombas Urbanas e Danilo Lagoeiro do MARL.

Adriano é um dos atores fundadores do Grupo Pombas Urbanas. Criado e consolidado na periferia de São Paulo, o Grupo possui 30 anos de trabalho artístico com espetáculos reconhecidos em mostras nacionais e internacionais. Em 2004, instalou sua sede em um velho galpão na cidade de Tiradentes, o Instituto Pombas Urbanas. Mais de 5 toneladas de entulho retiradas, as atividades começaram com estrutura básica, chão quebrado, sem água e energia elétrica. “Arte em Construção” simbolizou a busca de um espaço e uma linguagem teatral que expresse e dialogue com a comunidade.

Criado a partir de uma ocupação Cultural, o Canto do MARL hoje tornou-se vila Cultural e conta com o patrocínio do PROMIC.

Danilo é ator do grupo Teatro de Garagem, integrante do MARL, atualmente é servidor público como Gestor Cultural da Secretária Municipal de Cultura de Londrina. O Canto do MARL surgiu a partir da ocupação de um galpão abandonado durante um cortejo público realizado no dia de luta nacional do teatro de rua em 2016, hoje o espaço ganhou reconhecimento público por suas ações, tornou-se Vila Cultural e conta com o patrocínio do PROMIC.

Já no dia 14/10 também às 19h30 participam Mariane Palhares e Tiago Francisco Munhoz do Coletivo Cultural Galpão da Lua. O Galpão da Lua é um ponto de cultura formado por trabalhadores e trabalhadoras, artistas, do município de Presidente Prudente. Lua Barbosa, que dá nome ao coletivo, em 2014 teve sua vida interrompida de forma brutal e banal pela institucionalizada violência do Estado, por um tiro disparado por um policial militar em uma blitz de trânsito às 9h da manhã um dia após completar 25 anos. Somos todos e todas Lua, seguimos lutando por justiça e construindo nossas histórias de arte e de resistência. Esse bate-papo contará com a mediação da produtora cultural do MARL, Raquel Palma.

A Vila Cultural Canto do MARL conta com o patrocínio do PROMIC, o Programa de Incentivo à Cultura da Prefeitura de Londrina.

Lucas Godoy/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios