Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

8ª Mostra teve 150 inscritos; obras seguem em exposição até 21 de dezembro

No dia em que Londrina celebra seu aniversário de 84 anos, 10 de dezembro, o Festival Literário de Londrina (Londrix) dá início à 8ª Mostra Londrix Vídeo Poema, projeto que une a poesia às novas tecnologias disponíveis de áudio e vídeo. Para essa edição, foram 150 inscritos, sendo selecionados 16 vídeo poemas que seguem expostos até 21 de dezembro no Museu Histórico de Londrina, localizado na rua Benjamin Constant, 900, Centro.

As produções, obras de convidados, homenageados e projetos selecionados, podem ser visitadas em dois horários: das 9h às 11h30 e das 14h às 17h30. Segundo a coordenadora da Mostra Londrix Vídeo Poema, Edra Moraes, a iniciativa reúne artistas de diversas localidades. Entre os autores estão autores de Londrina, do Paraná e de outros estados brasileiros. “A Mostra consolida-se como possibilidade estética e de linguagem contemporânea, atraindo criadores de várias regiões”, explicou.

A exposição é gratuita e aberta a toda a comunidade londrinense, que é convidada a participar. O projeto conta com patrocínio na Prefeitura de Londrina por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Nesta 8ª edição, a Mostra Londrix Vídeo Poema homenageia Paulo Aquarone, poeta multimídia brasileiro que, desde a década de 1990 produz trabalhos poéticos com apelo visual, buscando diversas mídias para concluí-los, entre elas o computador e internet utilizada para divulgação e produção. Há mais de 20 anos o artista realiza exposições com poemas em vídeos, objetos, fotos, instalações e interativos em diversos espaços.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios