Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Serão apresentadas cinco esculturas de diferentes artistas; ação poderá ser acessada no canal Londrina Cultura no Youtube

O Museu de Arte de Londrina completará 28 anos nesta quarta-feira (12). Para celebrar a data, o espaço irá promover a exposição virtual “Obras do Jardim”. Os interessados em conhecer e prestigiar as obras deverão acessar o canal Londrina Cultura no Yutube. O vídeo ficará disponível para acesso por tempo indeterminado.

O repertório da exposição traz cinco esculturas compostas pelos artistas Caciporé Torres, Sérvulo Esmeraldo, Cleber Machado, Zanzal Mattar e Vanda Pepiliasco. Todas as obras ocupavam o jardim museu, do Museu de Arte de Londrina.

Durante a exibição virtual, o público poderá desfrutar de um roteiro incluindo informações sobre as obras e os artistas. O vídeo contará com locução, legendas e trilha sonora a fim de proporcionar uma aproximação do público com as obras expostas.

Segundo a diretora de Ação Cultural da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), Maria Luísa Alves Fontenelle, este foi um ano atípico para o museu. “Apesar das dificuldades decorrentes da pandemia de Covid-19, o museu  continuou realizando atividades. Essa exposição tem como objetivo manter a fruição destas obras, além de comemorar mais um ano do espaço”, explicou.

Fontenelle contou, ainda, que o Museu de Arte é uma grande referência para a arquitetura da cidade. “O museu faz história não só com a sua funcionalidade, atendendo jovens e adultos, mas também sendo uma referência da arquitetura modernista”, frisou.

A exposição “Obras do Jardim” é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), por meio da Direção de Ação Cultural (DAC).

Museu

Criado em 1993, por meio do decreto nº 172, o Museu de Arte de Londrina faz parte de um conjunto arquitetônico composto pelo prédio do Museu Histórico Padre Carlos Weiss e a Praça Rocha Pombo. O espaço foi projetado pelos arquitetos Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi.

O museu conta com um acervo composto por 659 obras de arte, entre esculturas, gravuras, fotografias, matrizes e placas, produzidas tanto por artistas da região, quanto de renome nacional e internacional.

Há, ainda, um acervo bibliográfico voltado para a história da arte, arte brasileira, patrimônio histórico, fotografia, pintura, desenho e arquitetura, na Biblioteca Especializada em arte Francisca Campinha Garcia Cid, localizada no subsolo do Museu.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios