Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Serão apresentadas cinco esculturas de diferentes artistas; ação poderá ser acessada no canal Londrina Cultura no Youtube

O Museu de Arte de Londrina completará 28 anos nesta quarta-feira (12). Para celebrar a data, o espaço irá promover a exposição virtual “Obras do Jardim”. Os interessados em conhecer e prestigiar as obras deverão acessar o canal Londrina Cultura no Yutube. O vídeo ficará disponível para acesso por tempo indeterminado.

O repertório da exposição traz cinco esculturas compostas pelos artistas Caciporé Torres, Sérvulo Esmeraldo, Cleber Machado, Zanzal Mattar e Vanda Pepiliasco. Todas as obras ocupavam o jardim museu, do Museu de Arte de Londrina.

Durante a exibição virtual, o público poderá desfrutar de um roteiro incluindo informações sobre as obras e os artistas. O vídeo contará com locução, legendas e trilha sonora a fim de proporcionar uma aproximação do público com as obras expostas.

Segundo a diretora de Ação Cultural da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), Maria Luísa Alves Fontenelle, este foi um ano atípico para o museu. “Apesar das dificuldades decorrentes da pandemia de Covid-19, o museu  continuou realizando atividades. Essa exposição tem como objetivo manter a fruição destas obras, além de comemorar mais um ano do espaço”, explicou.

Fontenelle contou, ainda, que o Museu de Arte é uma grande referência para a arquitetura da cidade. “O museu faz história não só com a sua funcionalidade, atendendo jovens e adultos, mas também sendo uma referência da arquitetura modernista”, frisou.

A exposição “Obras do Jardim” é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), por meio da Direção de Ação Cultural (DAC).

Museu

Criado em 1993, por meio do decreto nº 172, o Museu de Arte de Londrina faz parte de um conjunto arquitetônico composto pelo prédio do Museu Histórico Padre Carlos Weiss e a Praça Rocha Pombo. O espaço foi projetado pelos arquitetos Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi.

O museu conta com um acervo composto por 659 obras de arte, entre esculturas, gravuras, fotografias, matrizes e placas, produzidas tanto por artistas da região, quanto de renome nacional e internacional.

Há, ainda, um acervo bibliográfico voltado para a história da arte, arte brasileira, patrimônio histórico, fotografia, pintura, desenho e arquitetura, na Biblioteca Especializada em arte Francisca Campinha Garcia Cid, localizada no subsolo do Museu.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.