Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Para valorizar a programação musical realizada em 2020, estão sendo divulgados vídeos com as principais apresentações do projeto

A Orquestra de Câmara “Solistas de Londrina” está promovendo, de janeiro até março, a retrospectiva da 9º Mostra de Música de Câmara – Concertos Londrina, que ocorreu entre 1 e 5 de dezembro de 2020. Neste sábado (30), será lançado o vídeo “Recital Gaita e Violão”, às 19h, pelo Facebook do projeto. Para conferir basta acessar o link https://www.facebook.com/solistasdelondrina/.

A retrospectiva tem como objetivo valorizar e ampliar a divulgação da programação musical on-line da mostra, que contou com concertos gravados especialmente para a continuidade do projeto, iniciado no final de 2019 e precisou ser readaptado por conta da pandemia do novo coronavírus.

O “Recital Gaita e Violão” será interpretado por José Staneck, na gaita, e o convidado especial Lula Washington, no violão. A Gravação foi realizada no A Casa Estúdio /RJ, em novembro, com exibição em dezembro de 2020.

Segundo a coordenadora da mostra, Irina Ratcheva, a retrospectiva renova os conteúdos, trazendo uma nova alternativa de percepção. “Criamos vários espaços virtuais com diversos conteúdos durante a mostra. Com esta retrospectiva, podemos reavivar as melhores apresentações e memórias que tivemos durante o projeto”, explicou.

A 9ª Mostra de Música de Câmara – Concertos Londrina conta com o patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC).

Isabely Alexandra sob supervisão do N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.