Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Cultura 05/10/2017  09h09

Prédio do Museu de Arte de Londrina completa 65 anos com programação especial

Projetado pelo arquiteto modernista Vilanova Artigas na década de 1950, antiga Rodoviária de Londrina é um patrimônio histórico-cultural da região

Um dos mais valiosos bens e símbolos culturais de Londrina, que pulsa no coração da cidade e representa um marco da arquitetura modernista no Paraná, completou 65 anos de história nesta quarta-feira (4). Trata-se do prédio onde atualmente funciona o Museu de Arte de Londrina, que começou a ser construído, em 1948, tendo sido encomendado pelo então prefeito Hugo Cabral para se tornar a Estação Rodoviária. À época, os consagrados arquitetos João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi foram os responsáveis por inserir o modernismo na paisagem urbana de Londrina e idealizaram o projeto do edifício, que foi oficialmente inaugurado, em 1952, pelo prefeito Milton Ribeiro de Menezes.

Referência desse estilo arquitetônico no Brasil e até no exterior, o prédio foi tombado, em 1974, pela Coordenadoria do Patrimônio da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná. A obra é considerada a primeira edificação de caráter público construída no estado do Paraná com elementos e características da arquitetura  modernista. Funcionou como Rodoviária de Londrina até 1988, quando foi desativada.

Há 24 anos o espaço é utilizado pelo Museu de Arte de Londrina, que foi inaugurado em 12 de maio de 1993. O equipamento cultural preserva o perfil histórico do prédio original, sendo hoje um ambiente tradicionalmente reconhecido pela pluralidade de manifestações artísticas e culturais, além de um catalisador da produção regional, promovendo exposições locais e recebendo visitas de todo o Brasil. O espaço atende um público diversificado, entre alunos, professores, pesquisadores, artistas, produtores culturais e a comunidade em geral. São realizadas exposições, visitas monitoradas, feiras, passeios, workshops, apresentações e eventos.

A diretora de Ação Cultural da Secretaria Municipal de Cultura, Maria Luisa Alves Fontenelle, informou que durante o mês de outubro será realizada uma série de atividades para celebrar o aniversário de 65 anos do prédio do Museu de Arte, envolvendo palestras, exposições, feira, contação de história e outras (ver programação). Ela relembrou que muita gente, que chegou a Londrina ou passou pela cidade após a década de 1950, transitou na antiga rodoviária, que funcionou até o final dos anos 80, quando foi desativada. “Depois, o espaço transformou-se em um ambiente que acolhe e incentiva a produção de artistas e produtores culturais. É um lugar de muitas histórias de vida. Por isso, aproveitamos a oportunidade para convidar a população a ocupar o Museu, conhecer mais sobre sua trajetória e participar dos eventos”, reforçou.

O secretário municipal de Cultura, Caio Julio Cesaro, comentou que o ato de comemorar a data de inauguração de um prédio público não é uma situação usual, porém, neste caso específico, faz todo o sentido imprimir esforços para prestar homenagens a um local que, ao longo dos anos, mudou a sua finalidade, mas segue possuindo forte relação com a cidade. “Por suas características da arquitetura moderna, que era novidade na época em que foi construído, o prédio do Museu de Arte foi e continua sendo um marco importante da cultura londrinense, fazendo parte da memória afetiva dos nossos cidadãos”, enfatizou.

Atendimentos – De janeiro a setembro de 2017, o Museu de Arte de Londrina desenvolveu diversas atividades, incluindo exposições, eventos comemorativos aos 24 anos do espaço, a Feira Madá, que já está indo para sua 10º edição somente neste ano, workshops, o Dia da Sergipe, 3º Enbus Londrina e a Rota de Museus – 11º Primavera dos Museus.

Contando apenas as exposições realizadas, foi atendido um público de aproximadamente 5 mil pessoas neste período. Com relação aos eventos, mais de 2.600 pessoas participaram das atividades no espaço cultural.

As visitas monitoradas ao local são desenvolvidas para que o público possa conhecer o acervo e as exposições, bem como a história do prédio que abriga o museu. Os agendamentos envolvem a participação de alunos de escolas municipais, estaduais e particulares, além de atender instituições locais, grupos de idosos, comunidade em geral, bem como pessoas de fora da cidade e até de outros estados. As visitas podem ser mediadas por um servidor que acompanha e orienta o público, percorrendo os ambientes do Museu e transmitindo informações e detalhes sobre o edifício projetado por Vilanova Artigas.

Agendamentos - Qualquer pessoa de Londrina e região, e também de cidades do Paraná e outros estados, pode marcar uma visita ao Museu de Arte. Para agendar visitas os interessados devem entrar em contato pelo telefone 3337-6238, ou pelo e-mail museu@londrina.pr.gov.br. É preciso informar a quantidade de pessoas, idade, se é ligado a alguma escola ou instituição, e qual o interesse da visita.

Programação 65 anos

- 07/10 - 10h às 15h:
Abertura da exposição “A cor cria mundos”, da artista Zucapaula 
Bate-papo com a artista Zucapaula na Biblioteca de Arte Francisca Campinha Garcia Cid
Exposição em homenagem aos 65 Anos do Prédio da Antiga Rodoviária (fotos e livros), no piso intermediário do Museu de Arte
Feira Madá – Comemorativa dos 65 Anos do Prédio

- 09/10 a 11/11 - das 13h às 18h: período expositivo e agendamento para visitação

- 16/10: Palestra sobre Vilanova Artigas – palestrante: Zucapaula.
Local: Auditório Vilanova Artigas – Casa da Criança
Horário: 14h30
Público: alunos de ensino médio e graduandos
Capacidade de atendimento: até 40 pessoas

- 17/10 e 19/10: Contação de história baseado no livro “As Aventuras do Gato Caixeiro” 
Público destinado: turmas da educação infantil. 
Local: Biblioteca Francisca Campinha Garcia Cid 
Horário: 14h
Público: crianças de 4 a 6 anos
Capacidade de atendimento: até 25 crianças

- 24 e 25/10: Oficinas de Kirigame: Realização de oficina de Kirigame para crianças e adolescentes, com foco nas formas da edificação.
Local: Biblioteca Francisca Campinha Garcia Cid 
Horário: 14h até 16h
Público: a partir de 07 anos
Capacidade de atendimento: até 15 pessoas

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios