Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Serão fornecidas informações sobre os Centros de Convivência do Idoso (CCIs) e seus programas, além dos requisitos e possíveis formatos de editais

As secretarias municipais de Cultura e do Idoso realizam, na próxima terça-feira (24), às 19h, uma atividade aberta a entidades que atuam na área cultural e tenham interesse em apresentar projetos culturais em editais das políticas públicas voltadas ao atendimento das pessoas com 60 anos ou mais. O encontro irá ocorrer no auditório Vilanova Artigas, que fica na sede da Secretaria Municipal de Cultura, Praça Primeiro de Maio, 110, centro. Não é necessário fazer inscrição prévia para participar.

No workshop, a secretária municipal do Idoso, Andrea Ramondini, apresentará os serviços dos Centros de Convivência do Idoso (CCIs) e o potencial que estes equipamentos públicos possuem para o desenvolvimento de atividades culturais. Nesse contexto, os participantes terão conhecimento dos programas existentes, informações sobre o cadastro no Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI), bem como os requisitos exigidos e possíveis formatos de editais.

Esta ação é fruto de um esforço conjunto das duas secretarias para fortalecer a integração das políticas públicas municipais, visando aprimorar a oferta de serviços e ampliar a participação popular.

De acordo com Andrea, a intenção é aproximar as ações culturais da população idosa e explorar o potencial dos espaços que a Prefeitura tem para atender este público. “Os CCIs são unidades já consolidadas e que ofertam uma série de serviços. Queremos estreitar a relação com a Secretaria de Cultura e ampliar as atividades nesses e em outros locais da cidade. A área cultural é muito rica em possibilidades e pode proporcionar projetos que tragam mais opções de lazer, conhecimentos, mas, principalmente, qualidade de vida aos idosos, seja com música, teatro, dança, canto e muitos outros segmentos”, enfatizou.

A secretária contou que a parceria com a Cultura, para trabalhar projetos focados no atendimento aos idosos, vem amadurecendo e poderá gerar editais do Idoso em breve. “Existem muitos projetos nessa área que podem ser desenvolvidos para as pessoas idosas, e com o conhecimento e experiência da Cultura para a elaboração de editais, poderemos criar iniciativas para diversificar as atividades oferecidas”, completou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.