Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Serão fornecidas informações sobre os Centros de Convivência do Idoso (CCIs) e seus programas, além dos requisitos e possíveis formatos de editais

As secretarias municipais de Cultura e do Idoso realizam, na próxima terça-feira (24), às 19h, uma atividade aberta a entidades que atuam na área cultural e tenham interesse em apresentar projetos culturais em editais das políticas públicas voltadas ao atendimento das pessoas com 60 anos ou mais. O encontro irá ocorrer no auditório Vilanova Artigas, que fica na sede da Secretaria Municipal de Cultura, Praça Primeiro de Maio, 110, centro. Não é necessário fazer inscrição prévia para participar.

No workshop, a secretária municipal do Idoso, Andrea Ramondini, apresentará os serviços dos Centros de Convivência do Idoso (CCIs) e o potencial que estes equipamentos públicos possuem para o desenvolvimento de atividades culturais. Nesse contexto, os participantes terão conhecimento dos programas existentes, informações sobre o cadastro no Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI), bem como os requisitos exigidos e possíveis formatos de editais.

Esta ação é fruto de um esforço conjunto das duas secretarias para fortalecer a integração das políticas públicas municipais, visando aprimorar a oferta de serviços e ampliar a participação popular.

De acordo com Andrea, a intenção é aproximar as ações culturais da população idosa e explorar o potencial dos espaços que a Prefeitura tem para atender este público. “Os CCIs são unidades já consolidadas e que ofertam uma série de serviços. Queremos estreitar a relação com a Secretaria de Cultura e ampliar as atividades nesses e em outros locais da cidade. A área cultural é muito rica em possibilidades e pode proporcionar projetos que tragam mais opções de lazer, conhecimentos, mas, principalmente, qualidade de vida aos idosos, seja com música, teatro, dança, canto e muitos outros segmentos”, enfatizou.

A secretária contou que a parceria com a Cultura, para trabalhar projetos focados no atendimento aos idosos, vem amadurecendo e poderá gerar editais do Idoso em breve. “Existem muitos projetos nessa área que podem ser desenvolvidos para as pessoas idosas, e com o conhecimento e experiência da Cultura para a elaboração de editais, poderemos criar iniciativas para diversificar as atividades oferecidas”, completou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios