Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Realizadas recentemente, iniciativas viabilizadas com recursos municipais visaram a catalogação, digitalização e inserção de acervos na base de dados Pergamum Museus

O Museu Histórico de Londrina (MHL) Padre Carlos Weiss concluiu recentemente dois projetos que visaram a catalogação, digitalização e inserção de acervos na base de dados da plataforma Pergamum Museus, voltada a facilitar o acesso ao público.

Através da iniciativa “Fotografias de Família: Rumo ao Centenário de Londrina”, 4.136 imagens produzidas em contextos familiares, em diferentes épocas da história londrinense, foram catalogadas, descritas e disponibilizadas virtualmente. A ação incluiu, também, a produção de quatro vídeos informativos que foram publicados nas redes sociais do MHL, a elaboração de um roteiro didático e a realização da exposição on-line “Lugares e Memórias de Londrina: Recordações de Famílias”. Ao todo, o projeto recebeu R$ 70 mil em patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Já o projeto “Museu Histórico de Londrina Rumo aos 50 anos: Conservação e Disponibilização On-line de Acervos” resultou na digitalização de 6.096 imagens oriundas dos arquivos da Prefeitura e 2.480 fotografias de objetos tridimensionais constantes do acervo físico do MHL. Além disso, foram inseridos no banco de dados 3.086 exemplares da Folha de Londrina, que totalizam 42.863 páginas. Os trabalhos também envolveram a criação de vídeos, conteúdos para redes sociais e cartões postais digitais, entre outros materiais. Viabilizada com recursos do Fundo do Patrimônio do Município, a iniciativa recebeu R$ 190 mil para a sua realização.

Ao todo, 25 estagiários de diferentes cursos universitários, como história, ciências sociais e design gráfico, estiveram envolvidos nos projetos, dos quais seis participaram do “Fotografias de Família” e 19 do “Museu Histórico de Londrina Rumo aos 50 Anos”. Os participantes foram contratados através de processo seletivo, e as atividades iniciaram em 2020 e foram concluídas em setembro de 2021.

A diretora do Museu Histórico de Londrina, Edméia Ribeiro, explicou que as iniciativas tiveram como objetivo democratizar o acervo da instituição à população, especialmente no período marcado pela pandemia da Covid-19. Ainda segundo Ribeiro, por meio da plataforma Pergamum, a instituição já teve mais de 100 mil acessos, inclusive de usuários de outros países.

“Ambos os projetos haviam sido aprovados antes da pandemia, porém, durante o período em que estivemos fechados, tiveram um papel primordial de levar o Museu até as pessoas. Vamos continuar trabalhando para ampliar o acesso ao público, e também disponibilizando o nosso acervo para outras instituições, como o King’s College, de Londres, com o qual desenvolvemos recentemente um trabalho em parceria. Nossa meta é expandir as fronteiras do Museu Histórico de Londrina para o mundo todo”, disse.

A diretora de Patrimônio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), Solange Batigliana, destacou a importância das parcerias entre diferentes instituições para a preservação da história e memória de Londrina. “O Museu Histórico é nossa grande instituição de referência, pois possui o maior acervo da cidade, mas o trabalho de preservação deve ser feito em conjunto com outras entidades, como os demais museus da região e a Prefeitura de Londrina. Por isso, ao fomentar projetos como esses, o Município contribui para salvaguardar a história de nossa cidade, que em alguns anos vai completar seu centenário de fundação”, frisou. 

Acesso

Quem desejar acessar os acervos pode fazê-lo por meio da plataforma Pergamum, mantida pelo Governo do Estado do Paraná, disponível no website www.memoria.pr.gov.br. O Museu Histórico de Londrina conta, ainda, com perfis no Facebook e Instagram, além de um canal no YouTube. Nos próximos dias, o MHL lançará também uma nova edição da revista eletrônica “Boletim” que, entre outros temas, trará artigos sobre as fotografias e itens catalogados pelos dois projetos. A publicação pode ser acessada no site do Museu Histórico de Londrina (clique aqui).

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.