Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Serão realizas mais duas apresentações, promovidas por grupos residentes da Vila Cultural Canto do MARL, que conta com patrocínio do Promic

A Vila Cultural Canto do MARL está realizando, desde o dia 11 deste mês, uma mostra de teatro inteiramente on-line e gratuita. Para esta semana estão programadas mais duas ações, com encerramento das atividades no domingo (26). As apresentações são promovidas por grupos residentes da Vila, com transmissão via YouTube.

A Mostra MARL de grupos residentes é uma realização da Vila Cultural Canto do MARL, que conta com o patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic) e o apoio do Movimento de Artistas de Rua de Londrina (MARL). A classificação indicativa da mostra é a partir de 14 anos.

No sábado (25), às 19h, haverá uma exibição do Coletivo Funcionário Fantasma, com a peça “O Amor e a Loucura”, onde Edna Aguiar narra a história de como a loucura e o amor se tornaram inseparáveis e de como é importante, afinal, que seja assim mesmo entre esses dois. O trabalho foi construído de forma virtual pelo Coletivo Funcionário Fantasma e traz para a tela, de forma lúdica e filosófica, uma travessia pelos sentimentos humanos.

O trabalho promove uma reflexão sobre a importância de dar-se quando se pretende dar e receber amor. É uma reflexão sobre as qualidades desse sentimento maior e uma experimentação, no corpo mesmo, sobre a experiência universal e singular do pensar-sentir. É baseado na história “O Esconde-Esconde dos Sentimentos”, de Waldir Pedro. O link de acesso é o https://www.youtube.com/watch?v=i_V65PtT5HA

E no domingo (25), também às 19h, último dia de programação, o Palhaço Marimba, Diego Loman, apresenta Cantos e Causos da Poesia Simples, espetáculo virtual que conta histórias dos interiores, resgatando a cultura caipira. O acesso será disponibilizado pelo link https://www.youtube.com/watch?v=BrGo3mMTuqY.

Marimba é um contador de causos, que nas embrenhas da pandemia já não consegue mais ficar sem contá-los! Com o trabalho da contação de histórias traz consigo algumas raridades para compartilhar com o público e a vontade de passar esses causos para frente, para que essas histórias não sejam esquecidas por esse mundão a fora. A linguagem dos interiores vem misturada com a sutileza contar e cantar ao lado da sua companheira Madalena (Sanfona).

Dayane Albuquerque, com informações da assessoria da Vila Cultural Canto do MARL/NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.