Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Benefício busca atender agentes culturais que foram afetados pela pandemia do novo coronavírus

O cadastramento para renda emergencial da Lei Aldir Blanc para pessoa física foi prorrogado e segue aberto até o dia 14 de outubro. O auxílio é voltado aos trabalhadores da área cultural que foram afetados pela pandemia do novo coronavírus, e será disponibilizado em três parcelas, no valor de R$600 cada uma. Para receber o benefício, é preciso atender aos requisitos e preencher o formulário on-line, através do site https://www.sic.cultura.pr.gov.br/auxilio/renda.php.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Caio Julio Cesaro, serão disponibilizados mais de R$3 milhões para o setor cultural do município. “Essa renda emergencial é muito importante para os agentes da área cultural. Estamos focados nesse trabalho, a fim de garantir que o recurso chegue aos trabalhadores”, contou.

O plano de implementação da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017/2020) foi desenvolvido pelo Governo do Estado em diálogo com o Conselho Estadual da Cultura (CONSEC), já o cadastramento para pessoa física e a distribuição dos recursos estão a cargo da Secretaria da Comunicação Social e da Cultura do Paraná, com apoio dos municípios.

Para esclarecer dúvidas sobre o auxilio, a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) disponibiliza o telefone (43) 3371-6610. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas.

Requisitos

O requerente deverá ter no mínimo 18 anos, ser atuante da área cultural nos últimos dois anos comprovado em foto, como artista, técnico, gestor ou produtor cultural. Deverá ter renda mensal total de até três salários mínimos,  podendo receber o auxílio até duas pessoas de uma mesma família.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios