Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O longa nacional "Que horas ela volta?", de Anna Muylaert, foi premiado em sete categorias, incluindo o de Melhor Filme

A atriz e apresentadora Regina Casé levou o prêmio de Melhor Atriz na 15ª edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, um dos principais eventos cinematográficos do País, que aconteceu na terça-feira, 4, no Theatro Municipal, no Centro do Rio. Regina foi premiada por sua atuação no filme brasileiro "Que horas ela volta?", escrito e dirigido por Anna Muylaert. A obra que foi o grande destaque da noite e venceu em sete categorias.

“Quando a Anna começou a escrever esse filme ela tinha se tornado mãe e eu também tive a surpresa de virar mãe aos 59 anos. Apesar de várias outras conotações importantes, o lado da maternidade desse filme me tocou muito. Eu fiquei pensando que o que eu mais queria era que todas as mães como a Val pudessem ter certeza de que as suas filhas, suas ‘Jéssicas’, suas netas, fossem chegar a uma universidade e se formar. Ter o poder de escolher o que elas querem fazer da vida. E que a educação de base fosse realmente igualitária, para que todos os meninos e meninas pudessem fazer 68 pontos na hora de entrar para a universidade. Uma educação igual para que todos possam ter acesso, pois é uma das coisas mais importantes pra gente”, contou a atriz ao receber o prêmio.

O longa venceu nas categorias de Roteiro Original, Montagem Ficção, Filme Voto Popular, Atriz Coadjuvante, Atriz Principal, Direção e Longa ficção. Além disso, a obra foi sucesso de crítica nacional e internacional e vencedor do prêmio de melhor filme da Mostra Panorama do Festival de Berlim e do Festival de Amsterdam (2015). Regina também já foi premiada como melhor atriz junto com Camila Márdila no Sundance, maior festival do mundo dedicado ao cinema independente.

No filme, a atriz e apresentadora Regina Casé interpreta Val, uma pernambucana que migrou para São Paulo com a intenção de fugir da pobreza no Nordeste, deixando a filha Jéssica, interpretada pela atriz Camila Márdila com a avó. Na capital paulista, a protagonista consegue um emprego de doméstica e babá. Anos depois, sua filha decide prestar vestibular em São Paulo e pede seu apoio. Val prepara a chegada de Jéssica com a ajuda dos patrões, mas a convivência é complicada e gera conflitos no ambiente familiar.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios