Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O secretário da Comunicação Social e da Cultura, Hudson José está em Londrina, nesta quinta-feira (03), para o lançamento do terceiro edital do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice).

Os recursos que serão destinados a projetos das áreas de Artes Visuais; Audiovisual; Circo; Dança; Literatura, Livro e Leitura; Música; Ópera; Patrimônio Cultural Material e Imaterial; Povos, Comunidades Tradicionais e Culturas Populares; e Teatro.

Com dois editais realizados, o Profice já liberou R$ 60,3 milhões para apoio a 323 projetos, com ações realizadas em 374 municípios.

Para o secretário, o novo edital vai alcançar mais pessoas em diversas regiões de todo estado com um valor maior que o anterior.

"O edital que estamos lançando, serve para ampliar o alcance da cultura no estado do Paraná. Mesmo em um período de dificuldade, nós passamos de um edital de R$ 30 milhões para um de R$ 33 milhões. Esse novo edital faz uma distribuição maior em toda o Paraná. Antes, 80% dos projetos eram na região da capital, e fizemos um equilíbrio para alcançar mais regiões. Agora para a capital serão destinados 50%", explica.

Além de um valor maior, o teto máximo para os projetos diminuiu. Assim novos projetos poderão ser apresentados.

"Temos uma novidade para esse ano. Nós diminuímos o teto máximo. Antes era possível apresentar projetos de até R$ 1 milhão, nesse novo edital o teto será de R$ 350 mil, com isso, podemos transformar o acesso mais universal e com muito mais projetos aprovados, atingindo assim um número maior de beneficiados", conclui.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.