Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Dramaturgia traz uma junção de solos com metáforas sobre a vida, relacionamentos e autoconhecimento

Nos dias 7 e 8 de março, às 19h30, a Usina Cultural recebe o espetáculo “Sal”. Apresentação traz metáforas sobre a vida, relacionamentos e autoconhecimento. O evento será na própria Usina, localizada na Avenida Duque de Caxias, 4.159, centro. A exibição tem classificação de 12 anos, e a contribuição é livre.

O espetáculo conta a história de Maria, personagem que ao descobrir uma gravidez busca seu autoconhecimento através de uma viagem ao mar. A dramaturgia é uma junção de solos e traz a água como elemento fundamental na criação de reflexões sobre a vida.

Durante o espetáculo são apresentadas canções conduzidas pelo artista Thunay Tartari que, junto à narrativa tornou-se o fio condutor da dramaturgia. “Todo o enredo do espetáculo se torna um show, a viagem ao mar simboliza o autoconhecimento, evidencia relações tóxicas e traz vivências de subjetividade”, explicou o ator e produtor do projeto, Luan Valero.

Segundo Valero, a expectativa é grande para as próximas exibições. “Tivemos um resultado muito positivo nas apresentações anteriores, agora na região central a expectativa é ainda maior, queremos acolher todos os públicos com nosso espetáculo”, contou.

Ficha Técnica

Elenco: José Silva, Luan Valero, Nayara Rodrigues, Vanessa Nakadomari

Direção Cênica e Musical: Thunay Tartari

Concepção Geral: Cia Boi Voador

Texto: Luan Valero

Figurino: Júlia Mansur e Loh Goulart

Iluminação: Rogério Costa

Operação de luz: Thunay Tartari

Fotografia e Material Gráfico: Leticia Nakadomari

Realização: Cia Boi Voador

Frente de Produção: Luan Valero e Vanessa Nakadomari

Patrocínio: PROMIC – Programa Municipal de Incentivo à Cultura.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios