Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Secretaria Municipal de Cultura e o Conselho Municipal de Política Cultural realizam, de sexta-feira (29) a domingo (1), a VIII Conferência de Cultura da Cidade de Londrina. O tema desta edição é “Financiamento e Infraestrutura Culturais”. O evento irá ocorrer no Teatro Zaqueu de Melo, na avenida Rio de Janeiro, 413, Centro.

Segundo a gestora cultural da Secretaria Municipal de Cultura e integrante da comissão organizadora do evento, Ana Cristina Mischiati, a Conferência é uma oportunidade para que a comunidade cultural e a sociedade apresentem suas ideias e demandas visando fortalecer seus segmentos de atuação e a cultura londrinense como um todo. “O espaço será aberto para a troca de informações e qualquer pessoa terá voz e poderá se manifestar a respeito das propostas”, disse. O evento contará com representação de vários segmentos culturais de todas as regiões do Município, além de conselhos municipais, associações, instituições, sindicatos e outras entidades locais.

 A abertura do evento será na sexta-feira (29), às 19 horas, com uma palestra ministrada por Antônio Albino Canelas Rubim, professor titular da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Será feito um bate-papo com os representantes da cultura e arte de Londrina, tendo como foco as políticas culturais com abordagem dentro do tema “Financiamento e Infraestrutura Culturais”. A atividade será desenvolvida em parceria com a Universidade Estadual de Londrina (UEL).

O encontro prossegue no sábado (30), a partir das 9 horas, com o início da Plenária de apresentação e apreciação das propostas que foram aprovadas nas 16 pré-conferências realizadas no mês de julho, em todas as regiões de Londrina. Serão debatidas e votadas propostas para a articulação de ações e políticas municipais para as áreas de música, teatro, artes visuais, circo, artes gráficas, artesanato, dança, fotografia, patrimônio cultural, entre outras.

Cerca de 80 pessoas vão participar da Plenária na função de delegado, com direito a voz e voto. Também pode participar qualquer pessoa como observador, categoria que terá direito a voz nas atividades. Caso as propostas não sejam avaliadas em sua totalidade, a Plenária poderá ser estendida até domingo (1), com início às 9 horas, também no Teatro Zaqueu de Melo. O credenciamento dos participantes do evento será feito sempre uma hora antes do início das atividades oficiais da programação.

Informações N.Com/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios