Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Espetáculo aborda experiências de pessoas transexuais; apresentações são gratuitas

A Cia. Translúcidas de Teatro, grupo teatral londrinense formado em 2016, realiza neste fim de semana duas apresentações da sua peça de estreia, o espetáculo “Transtornada Eu”. As apresentações serão no sábado (20) e no domingo (21), às 18h, na Vila Cultural Alma Brasil, na rua Mar del Plata, 93, na Vila Rodrigues. A classificação etária é de 18 anos.

A Cia. Translúcidas de Teatro é resultado de um processo de oficinas teatrais que foi acompanhado de uma pesquisa de mestrado em psicologia. A pesquisa foi realizada por Herbert Proença, que também é ator e produtor da peça, em conjunto com o Coletivo ElityTrans Londrina, grupo formado por travestis e transexuais da cidade. As oficinas tiveram a proposta de construir uma prática teatral que abordasse as experiências de pessoas trans em diálogo com as vivências de outras pessoas LGBT.

A peça “Transtornada Eu” propõe a recriação de narrativas de vida e foi elaborada coletivamente a partir de experimentações teatrais. O espetáculo apresenta cenas fragmentadas que criam narrativas não lineares, representando histórias que dependem do ponto de vista de quem acompanha. Além dos atores do elenco, a peça contou com a colaboração de outras pessoas que também participaram das oficinas. O título da peça é uma referência ao movimento de despatologização da transexualidade.

A circulação da peça “Transtornada Eu” conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), na linha de Projetos Independentes. Serão realizadas dez apresentações do espetáculo em cinco espaços culturais da cidade, dentro do circuito alternativo de teatro.

N.Com com informações de divulgação

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios