Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Durante assembleia da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), presidente do Sebrae destacou o papel dos Bancos de Desenvolvimento Regionais e das Agências de Fomento Estaduais no fornecimento de crédito para pequenos negócios de todo o país.

O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, defendeu na quarta-feira (18), que o crédito das instituições financeiras de fomento seja canalizado para as micro e pequenas empresas, durante a assembleia da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE). Segundo Afif, pelo menos 84% das MPE não têm acesso a linhas de financiamentos, que são destinados apenas aos grandes negócios.

“Temos um sistema financeiro que não compete, um sistema robusto, mas concentrado em cinco instituições, sendo duas públicas e três privadas, mas que são grandes demais para operar com empresas de pequeno porte”, afirmou Afif. “Dentro dessa linha, estamos disponibilizando o fundo de aval do SEBRAE para as instituições de crédito e fomento que intensifiquem suas operações com as MPE”, acrescentou Afif.

O presidente do Sebrae ressaltou a importância das instituições financeiras baratearem e simplificarem a concessão de crédito aos pequenos negócios. “O grande desafio, aqui, com as instituições ligadas à ABDE, é se articular com o BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social), para permitir que os créditos cheguem aos pequenos”, ressaltou Afif. Segundo ele, uma das alternativas é a parceria com Fintech’s. “É um sistema tecnológico que diminui o custo da operação e faz o dinheiro chegar com mais agilidade ao pequeno empresário”, explicou.

Participaram da assembleia da ABDE representantes de 31 instituições, entre bancos de desenvolvimento e agências de fomento de todo país.

Asimp/Sebrae

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.