Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O indicador do Sistema de Proteção ao Crédito da ACIL (SPC/ACIL), referente ao mês de setembro, aponta que os consumidores que estavam com restrição ao crédito e conseguiram ‘limpar’ o nome continuam seu ciclo positivo. Foram mais 2% que pagaram em dia ou renegociaram suas dívidas, deixando o cadastro negativo, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Nos nove meses de 2021, os consumidores que conseguiram sair do cadastro de negativados são 10% superiores aos do mesmo período de 2020. Por outro lado, os consumidores que deixaram de pagar alguma conta e tiveram seu nome levado ao cadastro de restrição de crédito diminuíram em 4% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Segundo o consultor econômico da ACIL, Marcos Rambalducci, o menor percentual de consumidores negativados, aliado ao crescimento daqueles que conseguiram limpar o nome, fez com que a base de clientes com capacidade para tomar crédito aumentasse neste mês de setembro.

"Com a recuperação dos postos de trabalho, tanto nos indicadores de emprego formal como de emprego informal, este número deve continuar a trazer resultados positivos em termos de aumento da base de clientes com potencial de crédito, o que é animador para todo o comércio varejista de nossa cidade, no momento em que se aproximam as datas comemorativas mais importantes do ano", destaca Rambalducci.

Juliana Felis/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.