Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O lucro líquido do Banco do Brasil atingiu R$ 3.062 milhões no 3T15, RSPL de 14,8%

Nos 9M15, o Banco do Brasil registrou lucro líquido de R$ 11.888 milhões, acréscimo de 43,5% em relação aos 9M14. O Lucro Líquido por ação do BB alcançou R$ 4,20 nos 9M15. A remuneração aos acionistas atingiu R$ 4,7 bilhões no ano de 2015. No 3T15, o valor por ação foi de R$ 0,44, que será integralmente pago aos acionistas sob a forma de Juros sobre Capital Próprio.

Banco do Brasil é líder em ativos totais

Os ativos do Banco do Brasil atingiram R$ 1,6 trilhão em setembro/15, crescimento de 10% em 12 meses e 2,7% em relação ao trimestre anterior, favorecido principalmente pela expansão da Carteira de Crédito Ampliada. O Banco do Brasil é líder em ativos do setor financeiro da América Latina.

Carteira de crédito ampliada do BB cresce 9,8% em 12 meses

A carteira de crédito ampliada, que inclui TVM privados e garantias prestadas, atingiu R$ 804,6 bilhões em set/15, crescimento de 9,8% em 12 meses e 3,6% no trimestre. Destaque para o financiamento imobiliário, que registrou aumento de 34,0% em 12 meses e 6,4% no trimestre. No período, o BB manteve a sua liderança em crédito no Sistema Financeiro Nacional (SFN), com 20,8% de participação de mercado.

Carteira de agronegócio encerra o trimestre com saldo de R$ 171,8 bilhões

O financiamento ao agronegócio encerrou o terceiro trimestre de 2015 com saldo R$ 171,8 bilhões na carteira ampliada. O montante é 8,5% maior em relação a setembro/14. Destaque para o saldo do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que totalizou R$ 37,9 bilhões, crescimento de 13,5% frente ao mesmo período do ano anterior. Destaque, também, para a evolução do Programa de Agricultura de Baixo Carbono (Programa ABC), que totalizou R$ 9,1 bilhões em setembro/15, crescimento de 29,9% na comparação anual.

O Banco mantém-se, historicamente, como o principal agente financeiro do agronegócio no país, contribuindo de forma expressiva para o suprimento da demanda de crédito do segmento.

Conforme dados do Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), o BB detém, em setembro/15, 58,4% de participação nos financiamentos destinados ao setor. Nos três primeiros meses da Safra 2015/16, o BB desembolsou R$ 21,7 bilhões em operações de crédito rural.

Carteira de Crédito Ampliada Pessoa Física supera R$ 189 bilhões

A carteira de crédito ampliada PF, formada por operações com clientes pessoa física, finalizou o 3T15 com saldo de R$ 189,6 bilhões, crescimento de 8,1% em 12 meses. As linhas de menor risco (Crédito Consignado, CDC Salário, Financiamento de Veículos e Crédito Imobiliário) continuam expressivas, alcançando 79,5% do total da carteira. Destaque para o crescimento de 36,8% na linha Crédito Imobiliário PF, frente ao 3T14.

Carteira de Crédito Ampliada Pessoa Jurídica alcança R$ 362 bilhões

O saldo de crédito concedido às empresas encerrou setembro/15 com R$ 362,2 bilhões, 5,9% maior nos 12 meses. As operações de capital de giro¹ e de investimento, que representam 69,8% do total, obtiveram crescimento de 3,8% e 7,0% em 12 meses, respectivamente. Nos 9M15 foi desembolsado mais de R$ 32,7 bilhões em crédito para investimentos.

As operações de crédito realizadas com o Governo atingiram R$ 39,7 bilhões em setembro/15, crescendo 48,8% em 12 meses, predominantemente, em função da variação cambial no período.

1 Inclui linhas de capital de giro, recebíveis, cartão de crédito, conta garantida e cheque especial

Captação de poupança cresce pelo segundo trimestre consecutivo

O BB encerrou o trimestre com saldo de R$ 149,8 bilhões em poupança, alta de 1,7% em comparação ao 2T15, reflexo de estratégias de comercialização do produto. Esta marca permitiu ao BB atingir seu melhor desempenho no ano.

Indicadores de Inadimplência seguem abaixo do SFN

Os índices de inadimplência do BB se mantiveram em patamares menores do que os observados no SFN. Ao fim de set/15, o índice de operações vencidas há mais de 90 dias representou 2,20% da carteira de crédito classificada, inferior ao patamar do SFN, que registrou 3,1%.

A qualidade da carteira de crédito do Banco do Brasil é evidenciada pela concentração de 94,1% das operações na faixa de risco AA-C. O nível de cobertura da carteira de crédito, que demonstra a relação entre a provisão existente e as operações vencidas há mais de 90 dias, encerrou o trimestre em 212,9%, enquanto o índice de cobertura do mercado caiu para 167,7%, no período.

BB é um dos líderes no mercado de renda fixa

O BB BI encerrou o terceiro trimestre de 2015 na 3ª posição do Ranking Anbima de Renda Fixa Consolidado – Originação. Foram estruturadas 29 ofertas de renda fixa doméstica entre debêntures e notas promissórias, representando um volume total de R$ 6,2 bilhões.

No mercado de capitais internacional, o BB continuou com a estratégia de diversificação geográfica e expansão de sua atuação, participando como co-manager em 5 operações de emissores estrangeiros, totalizando US$ 7,3 bilhões no período.

BB DTVM permanece na liderança do Ranking Anbima

A BB DTVM encerrou o 3T15 com R$ 602,4 bilhões em recursos de terceiros administrados e participação de 21,72%, permanecendo na liderança do Ranking Anbima. Esse valor representa um crescimento de 8,39% em relação ao 3T14.

A BB DTVM apresentou lucro líquido de R$ 585,4 milhões até setembro de 2015, resultado 3,5% superior ao registrado no mesmo período do ano anterior.

Liderança no Comércio Exterior

O Banco do Brasil mantém posição de líder nos mercados de câmbio de exportação e importação, registrando 25,5% e 18,3% de participação média anual, respectivamente. No acumulado de janeiro a setembro deste ano, o BB responde por volume contratado da ordem de US$ 36,0 bilhões nas operações de câmbio de exportação e US$ 22,2 bilhões nas de importação. Nas duas modalidades, o percentual de contratos fechados pela internet vem crescendo gradativamente e no 3T15 foi de 72% e 59% cada.

Destaque também para o apoio do BB aos seus clientes exportadores e importadores ao prover facilitadores na realização dos negócios, como a assinatura digital em contratos de câmbio, que de janeiro a setembro foi utilizada em mais de 60% das operações.

Os Adiantamentos sobre Contrato de Câmbio (ACC) e sobre Cambiais Entregues (ACE), principais linhas de financiamento às exportações, acumulam nos nove primeiros meses de 2015 o montante contratado de US$ 7,3 bilhões. O market share no mês de setembro atingiu 32,1%, contribuindo para elevar a média anual de participação de mercado que está em 26,5%, o que confirma a tradicional liderança do BB.

BB Seguridade: Lucro líquido atinge R$ 3,2 bilhões no acumulado até setembro.

A BB Seguridade registrou lucro líquido de R$ 3,2 bilhões nos 9M15, o resultado é 37,9% superior ao verificado nos 9M14. Segregados os efeitos extraordinários, o lucro líquido ajustado atingiu R$ 2,9 bilhões, crescimento de 26,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

As receitas nos segmentos de seguros, previdência e capitalização somaram R$ 44,1 bilhões no acumulado do ano, crescimento de 15,7% em relação aos 9M14. Destaque para o segmento previdência, que atingiu R$ 27,1 bilhões em receitas de contribuições, crescimento de 25,5% em relação aos 9M14.

A Brasilprev alcançou R$ 138,1 bilhões em reservas ao final dos 9M15, crescimento de 33,5% em 12 meses, resultado do aumento das contribuições de previdência e da manutenção de um dos menores índices de resgate do mercado.

Faturamento Cartão de Débito cresce 21,6% em doze meses

O faturamento com cartões alcançou R$ 185,4 bilhões em nove meses, crescimento de 7,5% sobre o mesmo período do ano anterior. Destaque para o faturamento débito, com crescimento de 21,6% na comparação anual. O resultado foi impulsionado pelo desembolso de R$ 5,7 bilhões para custeio e financiamento do agronegócio por meio do cartão, com crescimento de 58,8% sobre o 3T14. O volume tradicional, representado em sua maioria pelas compras no varejo, cresceu 11,5% no 3T15.

O Ourocard foi considerado pelo 7º ano consecutivo o cartão preferido dos brasileiros, segundo pesquisa realizada pela CardMonitor e Instituto Medida Certa.

Somam-se ao resultado do negócio de cartões no Banco do Brasil a participação em empresas de meios de pagamento, com destaque para a Cielo e a Alelo.

Portal de Solução de Dívidas atinge o montante de R$ 1,6 bilhão

O Portal de Solução de Dívidas, que permite aos clientes Pessoa Física e Micro e Pequenas Empresas repactuarem suas dívidas atrasadas diretamente pela internet, alcançou a marca de 155 mil clientes atendidos e R$ 1,6 bilhão em operações contratadas.

Em média, cada atendimento para solução de dívidas na agência consome duas horas, entre negociação e operacionalização, enquanto que, pelo Portal, a operação é concretizada em 5 minutos na média.

Além de buscar eficiência operacional e redução dos níveis de inadimplência, visa manter relacionamentos sustentáveis e perenes com os clientes.

Agências e Escritórios Especializados para relacionamento digital com as MPEs

Em setembro, o Banco do Brasil inaugurou a oitava agência com atendimento especializado e exclusivo às micro e pequenas empresas, em São José dos Campos (SP). Essas dependências oferecem às empresas atendimento por meio de profissionais especializados no mercado MPE.

Também estão em atividade agências MPE em Campo Grande (MS), Belo Horizonte (MG), Bauru (SP), Teresina (PI), Ribeirão Preto (SP), Curitiba (PR) e Vitória (ES).

O Banco do Brasil vem implantando, também, seu novo modelo de relacionamento digital com micro e pequenas empresas (MPEs), criando Escritórios de Negócios Especializados. Atualmente, estão em atividade os Escritórios de Negócios MPE em São José dos Pinhais (PR) e Joinville (SC). O atendimento é realizado por gerentes especializados, por meio de ferramentas digitais e horário estendido, 8h às 18hs. Aproximadamente, 15 mil clientes já recebem atendimento pelo novo modelo. O BB pretende expandir seu modelo de relacionamento digital com MPEs para mais escritórios nos próximos meses. A solução torna a experiência com clientes MPE mais agradável, simples e produtiva.

Canal Mobile já é utilizado por mais de 6 milhões de clientes BB

No 3T15, os canais internet e mobile foram responsáveis por cerca de 60% das transações realizadas no BB. Considerando também ATMs, hoje mais de 96% das transações já são realizadas por canais automatizados.

A base de clientes que utilizam dispositivos móveis cresceu nos últimos meses, atingindo mais de 6 milhões de usuários ativos e mais 8 milhões de downloads do aplicativo.

Transações de crédito cresceram em ambiente digital: no mobile e internet houve desembolso de R$ 1,3 bilhão em operações de CDC, no trimestre. O volume de transações de crédito novo no mobile cresceu mais de 282% em relação ao primeiro trimestre de 2015.

Cerca de R$ 1,5 bilhão em operações de investimento foram feitas pelo canal mobile, representando crescimento de 121% em relação ao primeiro trimestre de 2015.

Contratação de Financiamento de Veículos via Mobile

O Banco do Brasil lançou, em setembro, nova funcionalidade, ainda inédita no mercado, permitindo aos clientes a contratação de financiamento de veículos em qualquer dia da semana, horário e local, sem necessidade de comparecer a uma agência. A iniciativa confere mais comodidade ao cliente e amplia as oportunidades de negócios do Banco.

BB tem funções nos wearables (tecnologia vestível)

O Banco do Brasil está com os clientes em todos os lugares, no celular, no tablet, no computador e também nos smartwatches - relógios inteligentes. No aplicativo do Banco há o contato do gerente de relacionamento e o próprio usuário seleciona as informações que devem aparecer no resumo do relógio. Estão disponíveis as seguintes funções: consulta de saldos de contas e lançamentos futuros, limite para compras no cartão de crédito, saldo do cartão Visa Travel Money e pontos no Programa de Relacionamento.

Banco do Brasil é eleito o banco mais inovador no relacionamento com clientes

O Banco do Brasil foi avaliado como o banco mais inovador ao se relacionar com clientes, segundo o ranking da consultoria DOM Strategy Partners. A pesquisa, que é publicada pela revista Exame, avaliou 441 grandes companhias de diferentes setores, no Brasil. No ranking, que considera apenas os bancos brasileiros, o BB ocupa o primeiro lugar com nota 9,04 (escala de zero a dez). No ranking geral, considerando empresas dos diversos setores, o BB ocupa a quinta posição.

Banco do Brasil é reconhecido como uma das melhores empresas para trabalhar

O Banco do Brasil recebeu, pelo terceiro ano consecutivo, o prêmio de uma das melhores empresas para trabalhar. Reconhecimento concedido pela Revista Você S/A em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA-USP).

BB é “Top of Mind ” de Recursos Humanos

Pela primeira vez, o BB foi reconhecido como Top of Mind de RH na categoria “Empresas com Práticas Reconhecidas de Educação Corporativa e E-Learning”.

Organizada há 18 anos pelo Grupo Editorial Fênix e o Estadão, a premiação tem como propósito identificar e reconhecer as empresas mais lembradas pela comunidade de recursos humanos.

O BB foi a única empresa do setor público a ter suas práticas reconhecidas este ano, tendo concorrido com grandes empresas do setor privado.

Índice Dow Jones de Sustentabilidade da Bolsa de Nova Iorque (DJSI)

Pelo quarto ano consecutivo, o BB foi listado entre as empresas que integram o Índice Dow Jones de Sustentabilidade da Bolsa de Nova Iorque (DJSI). O destaque foi o desempenho do BB como benchmark mundial nos temas "Políticas e medidas anticrime", "Gestão do relacionamento com o cliente", "Estabilidade financeira e risco sistêmico", "Questões controversas e dilemas em empréstimos e financiamentos", "Cidadania e filantropia corporativa" e "Inclusão Financeira".

BB é Selo Ouro no Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa

O Banco do Brasil foi qualificado pelo 5º ano consecutivo como Categoria Ouro no Inventário Corporativo de Emissões de Gases do Efeito Estufa – GEE, em conformidade com a certificação internacional ISO 14064, principal instrumento de verificação de sistemas de gestão de impactos em mudanças climáticas.

Asimp/BB

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL