Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Por Ana Luísa Westphalen

A Bovespa abriu em queda nesta segunda-feira, 28, e renovou as mínimas nos últimos minutos, acompanhando o sinal negativo visto em Nova York, onde os negócios tiveram início na segunda metade da manhã. O movimento global de aversão ao risco é reflexo de mais um dado fraco da economia chinesa.

O lucro industrial da China recuou 8,8% em agosto na comparação anual, bem pior do que a queda de 2,9% de julho e a maior baixa desde o início da divulgação desse indicador, em 2011.

Internamente, a cautela dos investidores é reforçada por uma agenda importante nesta semana, que tem entre os destaques a votação do veto presidencial ao reajuste do Judiciário no Congresso e o anúncio de reforma administrativa e ministerial.

Às 10h34, o Ibovespa recuava 1,81%, aos 44.110,59 pontos, na mínima. As perdas são conduzidas principalmente pelos papéis da Vale, em baixa de 5,19% (ON) e de 5,34% (PNA), mas Petrobras e bancos também reforçam a trajetória queda.

Em Wall Street, o Dow Jones recua 0,73%, o S&P 500 perde 0,83% e o Nasdaq tem desvalorização de 0,92%. Por volta das 10h45, o juro da T-note de 2 anos atingiu a máxima do dia e o euro bateu a mínima, diante do fortalecimento do dólar, depois do presidente do Federal Reserve de Nova York, William Dudley, afirmar que o banco central norte-americano deve elevar a taxa básica de juros neste ano.

Os investidores também reagem aos números de gastos com consumo nos EUA, que subiram 0,4% em agosto ante julho. A renda pessoal aumentou 0,3%, um avanço menor do que o previsto.

(Fonte: Estadão Conteúdo)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.