Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Corte no funcionalismo geraria renda para combate à pandemia, aponta Diretor Executivo do Students For Liberty Brasil

Segundo estudo do Instituto Millenium divulgado nesta segunda-feira (10), o Brasil gastou com servidores públicos federais, estaduais e municipais 13,7% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2019, 3,5 vezes mais do que com despesas com saúde (3,9% do PIB). Para a organização sem fins lucrativos Students For Liberty Brasil, cortes no funcionalismo poderiam gerar mais renda ao combate à pandemia do coronavírus no Brasil.

“Considerando que 13,7% do PIB representam cerca de R$ 930 bilhões, precisamos discutir o cessamento dos pagamentos de salário acima do teto constitucional para a elite do funcionalismo público”, afirma André Migliore Freo, Diretor Executivo do Students For Liberty Brasil.

Rayane Santos/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.