Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Prefeitura de Cambé, por meio da Secretaria de Fazenda, vai lançar na quarta-feira (01) o Refis 2021, Programa de Refinanciamento Fiscal do município. O Refis concede descontos de até 100% nas multas e juros para quem tem alguma dívida ativa com o município, como o IPTU (Imposto Territorial e Predial Urbano, o ISS (Imposto Sobre Serviços) ou qualquer outro débito em aberto com a cidade. O Refis começa no dia 01 de setembro e vai até o dia 30 de novembro, com a possibilidade de prorrogação por mais três meses. De acordo com a Secretaria de Fazenda, a expectativa é de arrecadar mais de R$1,4 milhão. O Refis auxilia a população a quitar de forma mais fácil alguma dívida pendente com o município, além de permitir também um aumento da arrecadação municipal que será revertido em serviços públicos para os cambeenses.

Segundo informações da Secretaria de Fazenda, para quem pagar à vista a dívida o desconto vai ser de 100% nas multas e nos juros. Para quem parcelar de 02 a 12 vezes é de 90%, de 13 a 24 é de 70% e para parcelar de 25 a 36 vezes o desconto vai ser de 50%. O desconto, segundo a pasta, é no valor das multas e dos juros, o valor original do imposto e da correção monetária não tem desconto.

Segundo o secretário de Fazenda, para os pagamentos à vista não é necessária a presença do proprietário do imóvel ou da empresa, mas para fazer o parcelamento é obrigatório que o proprietário esteja presente para fazer a negociação. Para quitar dívidas de imóveis, os documentos necessários são: a matrícula do imóvel, o contrato de compra e venda (ou a escritura) e os documentos pessoais. Para empresas, os documentos são: o contrato social, CNPJ, documentos pessoais e a procuração (se o procurador for o representante).

“É uma oportunidade para o contribuinte resolver sua situação junto ao fisco do município com descontos consideráveis de multas e juros, além de contribuir com o desenvolvimento da cidade”, pontuou o secretário.

Para o prefeito Conrado Scheller, a iniciativa é fundamental para a população poder ter mais tranquilidade para colocar em ordem a situação perante a Prefeitura. “A gente entende que muitas famílias estão com sérios problemas financeiros e isso impacta diretamente na vida delas. Nosso papel é estender a mão neste momento, colaborando para que elas possam regularizar a situação e poder ter tranquilidade para seguir a vida”, pontuou Scheller.

O Programa de Refinanciamento Fiscal do município começa a partir do dia 1° de setembro e tem duração de três meses, até o dia 30 de novembro. Para quem quiser negociar as dívidas, a Secretaria de Fazenda fica na Rua Pará, 264 e fica disponível das 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h. Para outras informações, o telefone para contato é o 3174-2900.

NCPMC

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.