Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Agência Brasil

O número de cheques sem fundos em janeiro aumentou 2,11%, na comparação com o mês anterior, aponta pesquisa da empresa de consultoria Serasa Experian. O resultado é o maior para o período desde 2010. O levantamento mostra que no primeiro mês de 2014 foram devolvidos 1.380.144 cheques e 65.446.235, compensados. Em relação a janeiro do ano passado, também houve acréscimo de 2,02%.

Os economistas da Serasa Experian avaliam que o aumento da inadimplência é reflexo da dificuldade do consumidor em honrar compromissos típicos desse mês, como festas do final de ano, férias e IPVA. A alta das taxas de juros também é um fator de influência no resultado.

Na análise regional, o maior avanço ocorreu na Região Norte, com alta de 4,39%. O Nordeste (3,95%) e o Centro-Oeste (3,02%) também ficaram acima da média do país. As regiões Sul (2,06%) e Sudeste (1,65%), por sua vez, apresentaram taxas inferiores.

Roraima lidera o ranking entre os estados, com aumento de 12,27% nas devoluções de cheques em janeiro. Em seguida, estão os estados do Acre e de Sergipe, com 10,82% e 10,38%, respectivamente. Em sentido inverso, o estado do Amazonas, registrou o menor percentual (1,27%).

Outros sete estados ficaram abaixo da média nacional: Paraná (2,09%), Minas Gerais (1,98%), Santa Catarina (1,95%), Mato Grosso Sul (1,69%), Rio de Janeiro (1,57%) e São Paulo (1,51%).

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.