Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Economia 15/09/2016  09h22

Economia Solidária realiza semanalmente a Feira do Produtor

Integrantes dos programas de Agricultura Familiar e Economia Solidária comercializam os produtos na Casa Café e Arte

O Programa Municipal de Economia Solidária de Londrina promove, todas as sextas-feiras, Feira do Produtor na Casa da Economia Solidária Café e Arte, no centro da cidade. A gerente de Inclusão Produtiva da Secretaria Municipal de Assistência Social, Nelma Liberato, contou que a Feira, que teve início em junho deste ano, envolve integrantes do programa de Agricultura Familiar.

Nelma disse ainda que a Feira é formada por empreendimentos com membros dos dois programas, que disponibilizam apenas produtos da época, como legumes, verduras e frutas. “Ali o consumidor encontra itens de qualidade com preço mais acessível, e adquire direto do produtor, sem intermediários”, enfatizou.

A integrante do empreendimento Fino Sabor, Maria Santa Barizon Pieroli, é uma das participantes da Feira. Segundo Maria Santa, como são comercializados apenas produtos da época, eles são mais frescos e saborosos. “É uma excelente oportunidade pra nós, produtores, e também para o consumidor. Todos ali praticam o preço justo, que é mais baixo do que a média cobrada nos mercados, e oferecem produtos de qualidade, alguns inclusive sem agrotóxicos. Contamos com a adesão da comunidade para que essa feira prossiga e seja cada vez mais um sucesso”, frisou.

A Casa da Economia Solidária Café e Arte, localizada na Praça 7 de Setembro, esquina da rua Professor João Cândido com a avenida São Paulo, funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas. Aos sábados, o horário de abertura e fechamento é o mesmo do comércio central.

Além da Casa Café e Arte, outro ponto fixo do programa é o Centro Público de Economia Solidária, que fica na Rua Rio de Janeiro, 1.278, e funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas. Nas duas primeiras semanas de cada mês, ocorre a Feira da Economia Solidária, no Calçadão de Londrina, às sextas-feiras e sábados. Em todos estes pontos, os produtos comercializados são exclusivamente de empreendedores integrantes do programa.

O trabalho - o Programa Municipal de Economia Solidária de Londrina foi implantado no Município como alternativa de enfrentamento a pobreza e ferramenta de inclusão produtiva e conta, atualmente, com 28 empreendimentos que comercializam suas produções, como artesanato, confecções, alimentos, entre outros.

Para participar do Programa e integrar um empreendimento, é necessário participar das oficinas de sensibilização. Ali são repassados o conceito do programa e os princípios da Economia Solidária, que são a cooperação, autogestão, solidariedade, e atividade econômica. Os participantes das oficinas do programa Economia Solidária formam grupos para geração de trabalho e renda, que visam a valorização do trabalho humano.

A inscrição para as oficinas pode ser feita pessoalmente no Centro Público de Economia Solidária, ou pelo telefone 3378-0577.

Juliana Gonçalves/N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.