Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Economia 15/09/2016  09h22

Economia Solidária realiza semanalmente a Feira do Produtor

Integrantes dos programas de Agricultura Familiar e Economia Solidária comercializam os produtos na Casa Café e Arte

O Programa Municipal de Economia Solidária de Londrina promove, todas as sextas-feiras, Feira do Produtor na Casa da Economia Solidária Café e Arte, no centro da cidade. A gerente de Inclusão Produtiva da Secretaria Municipal de Assistência Social, Nelma Liberato, contou que a Feira, que teve início em junho deste ano, envolve integrantes do programa de Agricultura Familiar.

Nelma disse ainda que a Feira é formada por empreendimentos com membros dos dois programas, que disponibilizam apenas produtos da época, como legumes, verduras e frutas. “Ali o consumidor encontra itens de qualidade com preço mais acessível, e adquire direto do produtor, sem intermediários”, enfatizou.

A integrante do empreendimento Fino Sabor, Maria Santa Barizon Pieroli, é uma das participantes da Feira. Segundo Maria Santa, como são comercializados apenas produtos da época, eles são mais frescos e saborosos. “É uma excelente oportunidade pra nós, produtores, e também para o consumidor. Todos ali praticam o preço justo, que é mais baixo do que a média cobrada nos mercados, e oferecem produtos de qualidade, alguns inclusive sem agrotóxicos. Contamos com a adesão da comunidade para que essa feira prossiga e seja cada vez mais um sucesso”, frisou.

A Casa da Economia Solidária Café e Arte, localizada na Praça 7 de Setembro, esquina da rua Professor João Cândido com a avenida São Paulo, funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas. Aos sábados, o horário de abertura e fechamento é o mesmo do comércio central.

Além da Casa Café e Arte, outro ponto fixo do programa é o Centro Público de Economia Solidária, que fica na Rua Rio de Janeiro, 1.278, e funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas. Nas duas primeiras semanas de cada mês, ocorre a Feira da Economia Solidária, no Calçadão de Londrina, às sextas-feiras e sábados. Em todos estes pontos, os produtos comercializados são exclusivamente de empreendedores integrantes do programa.

O trabalho - o Programa Municipal de Economia Solidária de Londrina foi implantado no Município como alternativa de enfrentamento a pobreza e ferramenta de inclusão produtiva e conta, atualmente, com 28 empreendimentos que comercializam suas produções, como artesanato, confecções, alimentos, entre outros.

Para participar do Programa e integrar um empreendimento, é necessário participar das oficinas de sensibilização. Ali são repassados o conceito do programa e os princípios da Economia Solidária, que são a cooperação, autogestão, solidariedade, e atividade econômica. Os participantes das oficinas do programa Economia Solidária formam grupos para geração de trabalho e renda, que visam a valorização do trabalho humano.

A inscrição para as oficinas pode ser feita pessoalmente no Centro Público de Economia Solidária, ou pelo telefone 3378-0577.

Juliana Gonçalves/N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios