Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O número de consumidores que ingressam na lista de inadimplentes e aqueles que conseguiram limpar o nome permaneceu o mesmo na comparação com agosto de 2017.

O indicador do Sistema de Proteção ao Crédito da ACIL aponta para estabilidade no número de consumidores que conseguiram retirar sua restrição ao crédito em agosto na comparação com o mesmo mês do ano passado. Desde o início de 2018, o saldo de consumidores que conseguiram sair da restrição ao crédito supera em 22% o número apresentado no mesmo período de 2017.

Também se manteve estável no mês de agosto o número de consumidores que tiveram seu nome incluído no cadastro de restrições. No entanto, quando são considerados os números de janeiro a agosto de 2018, o percentual de pessoas que tiveram o nome inserido no cadastro de inadimplentes apresentou uma elevação de 30% na comparação com o mesmo período do ano passado.

“Estes números apontam a preocupação do consumidor londrinense em limpar seu nome quando entra no cadastro de restrição ao crédito, mas a perda de renda e do emprego está jogando contra o consumidor e fazendo com que mais pessoas acabem não conseguindo honrar os compromissos assumidos. Com isso, cresce o número de consumidores que saem do cadastro de inadimplentes, mas também aumenta o número dos que ingressam”, avalia o consultor econômico da ACIL, Marco Rambalducci.

Susan Naime /Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios