Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O governador Beto Richa recebeu, ontem (23), no Palácio Iguaçu, o embaixador da França no Brasil, Laurent Bili. Durante sua primeira visita oficial ao Paraná, o diplomata ressaltou a saúde financeira do estado e afirmou haver interesse de que mais empresas francesas estejam presentes no Paraná. Atualmente, 25 companhias francesas estão instaladas no Estado. 

“Nós ficamos muito honrados em ter empresas como a Renault e a Aliança Francesa instaladas no Paraná, que contribuem para o desenvolvimento do Estado”, disse o governador Beto Richa. 

“Há tempos eu queria visitar o Paraná, mas esperei para fazê-lo acompanhado. Hoje, estou aqui com uma delegação formada por 40 empresas francesas. Esta visita ao governador visa fazer um balanço da cooperação entre a França e o Paraná”, afirmou o embaixador francês. 

Richa ressaltou os avanços obtidos pelo Paraná através dos ajustes fiscais promovidos pelo Governo do Estado e citou a elevação do rating nacional do Paraná pela agência de classificação de risco Fitch, no qual a nota de crédito do Paraná passou de AA (bra) para AA+ (bra), com perspectiva estável. Na prática, a nota significa queda na percepção de risco para investidores interessados em se instalar no Estado. “As medidas para o ajuste fiscal foram bem-sucedidas. Com isso o Paraná vive um bom momento”, afirmou o governador. 

O grupo de 40 empresas francesas que acompanha o embaixador fará sua reunião anual na capital paranaense. Bili ressaltou que pretende incentivar novos negócios entre a França e o Estado. “Meu papel é fomentar, incentivar e mostrar o potencial que temos aqui aos empresários. Com toda essa equipe, vamos trabalhar para estreitar os nossos laços com o Paraná”, ressaltou Bili. 

Durante o encontro, o embaixador citou também a parceria da Agência Francesa de Desenvolvimento com Curitiba, que trabalha para dar condições financeiras para que projetos de mobilidade urbana e de cidade inteligente possam ser postos em prática de forma mais rápida. 

PRESENÇAS - Participaram do encontro o presidente da Copel, Antonio Sérgio de Souza Guetter, o Cônsul geral da França em São Paulo, Brieuc Pont, o ministro conselheiro para Assuntos Econômicos, Jean-Claude Bernard, o cônsul honorário da França em Curitiba, Nadir Bosch, o diretor da Aliança Francesa Curitiba, Bertrand Lacour e o estagiário da Escola Nacional da Administração Francesa, Anselme Mialon.

AEN
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.