Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O BRDE, a empresa Gonçalves e Tortola (GT Foods) e as cooperativas de crédito Sicredi União e Sicredi Rio Rio Paraná assinam convênio nesta sexta-feira (20), em Maringá, convênio que amplia o limite de crédito da GT Foods, para R$ 100 milhões. O limite aprovado pelo convênio em vigência, assinado em 2001 era de R$ 72 milhões.

Com o aumento do limite, a GT Foods – conglomerado avícola com sede em Maringá - ampliará o atendimento aos produtores integrados à empresa. Em seu plano de expansão, a GT Foods aumentará o número de abate das 425 mil aves/dia para aproximadamente 622 mil aves/dia, até o fim do ano de 2016, com a construção de mais 60 aviários.

De 2011 para cá, o BRDE financiou 160 aviários, que atendem 100 famílias de produtores integrados à GT Foods. Estão em construção 33 aviários, com recursos liberados a 26 produtores. O BRDE aprovou financiamento para construção de mais 13 aviários, beneficiando 11 produtores, e estão em fase de análise outras 24 unidades. No total, serão 230 novos aviários, atendendo 158 famílias de produtores.

A diretoria aponta as vantagens da parceria com o BRDE e a Sicredi, destacando a agilidade na análise e liberação dos recursos, a união - pautada na confiança mutua dos parceiros, troca de informações e procedimentos estabelecidos -, a facilidade de acesso ao crédito pelos pequenos produtores familiares e a proximidade com o produtor.

Assinam o convênio nesta sexta-feira os diretores Administrativo e de Produtos da GT Foods, respectivamente Ciliomar Tortola e Rogério Wagner Martini Gonçalves, o presidente e o diretor-executivo da Sicredi União Paraná, respectivamente Rogério Machado, e o presidente e o diretor-executivo da Sicredi Rio Paraná, respectivamente Jorge Bezzera Guedes, e Almir Sthotten.

Jully Monteiro/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios