Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os números do Sistema de Proteção ao Crédito (SPC) da ACIL registraram um aumento no número de consumidores que conseguiram retirar sua restrição ao crédito, negociando suas dívidas. Foram 7% mais pessoas que no mesmo mês de julho de 2017. Quando considerados os resultados de janeiro a julho de 2018 com o mesmo período de 2017, foram 26% mais pessoas que conseguiram limpar o nome.

Por outro lado, também houve aumento no número de consumidores que não conseguiram quitar suas dívidas e acabaram ingressando na lista devedores. O mês de julho trouxe um incremento de 25% mais inclusões que no mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano, a quantidade de consumidores incluídos no cadastro de inadimplentes subiu em 35% na comparação com os primeiros sete meses do ano passado.

“Esse resultado é reflexo de uma economia que ainda está devolvendo empregos, e mesmo mostrando que o consumidor está preocupado em limpar seu nome, a perda de renda acaba comprometendo a capacidade de pagamento das famílias”, explica Marcos Rambalducci, consultor econômico da ACIL.

Susan Naime/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios