Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O presidente da Câmara voltou a dizer que as mudanças não representarão aumento da carga tributária

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou ontem (17) que os empresários brasileiros também devem dar sua contribuição à reforma tributária. Segundo ele, parte dos empresariado faz campanha contra mudanças alegando que haverá aumento da carga tributária. Maia negou e ressaltou que a reforma pretende corrigir distorções e combater privilégios. "Temos um sistema injusto, que beneficia poucos e prejudica os brasileiros mais simples. O sistema precisa ser reformado", destacou.

Maia afirmou que para reorganizar o estado brasileiro, todos devem contribuir. "Os mais simples deram sua contribuição na [reforma] previdenciária, os servidores uma contribuição maior", completou.

O presidente da Câmara reforçou que não haverá aumento da carga tributária na reforma do sistema, mas disse que haverá a organização de distorções. "Existem privilégios que, na simplificação do sistema serão organizados e todos poderão dar a sua contribuição", completou.

Reforma administrativa
Em relação à reforma administrativa, Maia voltou a cobrar o envio da proposta do governo sobre o tema ao Congresso. Ele considera correta a ideia do Executivo de focar o texto na melhoria do serviço público e das relações do servidor com o estado brasileiro.

Questionado pela imprensa se o governo acerta em evitar novos concursos públicos para poder aprovar a reforma administrativa, Maia entende que a medida não seria necessária. Nesta segunda, a imprensa divulgou que a equipe econômica decidiu segurar os processos seletivos até a reforma ser aprovada pelos deputados e senadores.

"O governo vai mandar uma reforma para os futuros servidores, não sei onde haveria conflito, acho que valoriza os próprios que já estão na administração", defendeu.

Veja entrevista: https://www.youtube.com/watch?v=Ct1pd1VrO7c&feature=emb_logo

Luiz Gustavo Xavier/Asimp/Câmara dos Deputados
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.